Jogador que quebrou recorde na Copa de 2014 tenta suicídio

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Dylan Martinez

    Na Copa de 2014, Mondragón se tornou o mais velho a participar de um jogo de Copa

    Na Copa de 2014, Mondragón se tornou o mais velho a participar de um jogo de Copa

O ex-goleiro colombiano Mondragón, que quebrou recorde na Copa do Mundo de 2014 ao se tornar o jogador mais velho a disputar uma partida de Mundial, tentou suicídio na Colômbia. Segundo a Fox Sports internacional, o ex-jogador foi internado e está em condição estável. 

Mondragón está em na clínica  Fundacion Valle del Lili, na Colômbia. A imprensa local ressalta que o ex-jogador tentou overdose. O ex-goleiro teve um desequilíbrio metabólico.

"Nesta terça (12) à noite, o senhor Faryd Mondragon deu entrada em nossa instituição com um desequilíbrio metabólico. O paciente agora está em boa condição, sob medicação e está em observação médica, aguardando evolução de seu caso", comunicou a clínica.

Funcionários do centro médico disseram à Agência Efe que o ex-goleiro foi submetido a vários exames de rotina e que ele poderia receber alta ainda nesta quarta.

Em 2014, aos 43 anos, Mondragón se tornou o jogador mais velho a disputar uma partida de Copa do Mundo. Ele entrou em campo por 5 minutos contra o Japão. Depois do Mundial, o goleiro se aposentou. Hoje ele tem 44 anos. 

 

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos