Atacante italiano repete Rivaldo e detona Van Gaal: "Não gosta de latinos"

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Camay Sungu

    Rivaldo criticou técnico por problemas com jogadores. Luca Toni disse o mesmo

    Rivaldo criticou técnico por problemas com jogadores. Luca Toni disse o mesmo

O atacante Luca Toni reforçou uma crítica já feita antes ao técnico Louis van Gaal, atualmente no Manchester United: a de que o holandês boicota jogadores de origem latina.

Toni, atualmente no Hellas Verona, trabalhou com Van Gaal no Bayern de Munique entre 2009 e 2010. Na época, segundo o atacante, o holandês fazia questão de provocar problemas públicos com jogadores como ele, o francês Franck Ribéry e o brasileiro Lúcio.

"Van Gaal odeia jogadores latinos. No Bayern, ele procurava qualquer oportunidade para brigar comigo, com Ribéry e com Lucio, porque os torcedores nos adoravam", disse Luca Toni, em declarações divulgadas pelo jornalista Tancredi Palmeri.

A crítica já havia sido feita anos antes por Rivaldo, que trabalhou com Van Gaal no Barcelona. Em 1999, após o brasileiro ser eleito o melhor jogador do mundo naquele ano pela Fifa, o técnico optou por cortá-lo de um jogo contra o Rayo Vallecano. O motivo: Rivaldo queria jogar em outra posição.

"Rivaldo é um grande jogador e boa pessoa. Porém, não posso aceitar que um jogador se coloque acima da filosofia do clube", disse o técnico. O brasileiro não mediu palavras na resposta.

"Van Gaal é o Hitler dos jogadores brasileiros, é arrogante, orgulhoso, tem problemas. E não tem a menor ideia sobre futebol. Ele é louco", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos