Dirigentes denunciam Espanyol por ofensas de torcida contra Piqué

Do UOL, em São Paulo

A Liga de Futebol Profissional (LFP), entidade que organiza o Campeonato Espanhol, decidiu denunciar a torcida do Espanyol por conta das manifestações desta quarta-feira, no jogo contra o Barcelona pelas oitavas de final da Copa do Rei. A informação foi divulgada pelo jornal El Confidencial.

O principal alvo das ofensas da torcida do Espanyol foi o zagueiro Gerard Piqué. Nas arquibancadas do Estádio Cornellà-El Prat, os torcedores exibiam faixas com a intenção de ofender a mulher do jogador, Shakira.

"Antonio de la Rua, tudo começou contigo", dizia uma delas, fazendo referência a uma suposta semelhança do filho da cantora com o ex-namorado, o argentino Antonio de la Rua. "Shakira é de todos", afirmava outra.

Não foi só. O site La transmissió d'en Puyal divulgou imagens de um torcedor do Espanyol que tentou entrar no estádio com a cabeça de um porco, que seria atirada contra Piqué em campo. Curiosamente, a agressão seria semelhante à promovida por um torcedor do Barcelona ao português Luís Figo, em jogo entre Real e Barça em outubro de 2000.

As provocações desta quarta-feira irritaram o Barcelona. O presidente do clube, Josep María Bartomeu, procurou autoridades ao fim do jogo. O árbitro do clássico, David Fernández Borbalán, não relatou quaisquer problemas na súmula do jogo.

Segundo confirmou a LFP após a partida, as mensagens dos torcedores serão denunciados pela Comissão Antiviolência da própria entidade. O Espanyol pode ser punidos por permitir o acesso ao estádio de torcedores com as faixas, bem como por não retirá-las durante o clássico catalão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos