Renovação de Valencia gera polêmica no Santos, mas volante contesta

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

A renovação de contrato do volante Valencia por mais um ano causou polêmica no Santos. A permanência do colombiano não foi unanimidade no clube, já que o atleta passou grande parte da temporada no departamento médico. Alguns dirigentes, inclusive, alegam que não foram consultados, apenas avisados de que o jogador teria o vínculo estendido.

Valencia alega que não ficou surpreso com a sua renovação e fez questão de dizer que não causou prejuízo financeiro ao Santos. O volante sofreu uma grave lesão ligamentar no joelho defendendo a seleção colombiana na Copa América e, por isso, lembrou que o seu ordenado foi pago pela Federação da Colômbia enquanto se recuperava da lesão.

"Não fiquei (surpreso). Se você for pesquisar, vai ver que quando um jogador se machuca, por lei, pode renovar. Porque enquanto estou machucado quem paga meu salário é o Santos, mas a Federação da Colômbia dá o dinheiro para o clube. Então, o Santos não gasta com o Valencia. O clube não tem prejuízo nenhum", afirmou Valencia.

Parte da cúpula santista ainda alega que o técnico Dorival Júnior não priorizou a renovação de Valencia e que prevaleceu o desejo de um dirigente do clube em particular.

"Na verdade não sei quem pediu (renovação), mas acho que ele (Dorival) tem a ver com isso. Sem o ok dele, o jogador não chega. Conversei com ele e me disse para ficar tranquilo, preocupar primeiro com a recuperação e depois ver o que acontecia. Graças a Deus deu tudo certo, e eu estou mais um ano no Santos", disse.

Dirigentes do clube ainda ressaltam que o atleta já foi contratado com histórico de muitas lesões no Fluminense. Além disso, o grupo que não concordou com a renovação destaca que o elenco santista não precisava de um volante contestado no elenco. Dorival Júnior terminou a temporada com os incontestáveis Renato e Thiago Maia.

"Cara, eu acho muito bom, porque ele é um jogador muito jovem (Maia) e fico feliz por tudo que ele fez e o grupo todo. Quem tem a ganhar com isso é o Santos, se a oportunidade chegar vou tentar aproveitar, mas vou sempre desejar o melhor para ele e para os colegas", disse Valencia.

Em 2015, Valencia disputou apenas dois jogos pelo Campeonato Brasileiro e quatro na Copa do Brasil. A maior participação do colombiano ocorreu no Campeonato Paulista, quando atuou em 10 partidas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos