Corinthians fica atrás duas vezes, mas goleia o Inter e avança na Copinha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Denny Cesare/Agência Corinthians

O Corinthians está na próxima fase da Copinha. O time paulista venceu o Internacional de virada por 5 a 2, nesta sexta-feira (15), em Limeira, no primeiro jogo da quarta fase da competição. Em um duelo emocionante, cinco gols foram marcados no primeiro tempo e o time gaúcho esteve na frente em duas oportunidades. Mas cedeu a virada e ainda ficou com 10 jogadores. Mesmo derrotado, o Inter também pode seguir na disputa, dependendo dos demais resultados. 

O Corinthians, que venceu com gols de Ortiz (contra), Gabriel Vasconcelos (três vezes) e Maycon, terá pela frente o vencedor do duelo entre Avaí e Ituano. Já o Internacional, que marcou com Ortiz e Ariel e ainda teve o meia Valdemir expulso no começo do segundo tempo, terá uma série de partidas para acompanhar se ainda sonha em seguir a disputa. 
 
Classificado como sexta melhor campanha, com 12 pontos, o time gaúcho depende de avanços de Flamengo contra o Bahia (no tempo normal, se for para os pênaltis passa o Bahia), Sport diante do Mirassol,  Ituano contra o Avaí (ou Avaí desde que não nos pênaltis) São Paulo contra o Rondonópolis e Cruzeiro diante do Ceará. Com toda esta combinação, o Colorado segue.
 
Corinthians e Internacional foram muito prejudicados pelo gramado. O piso do estádio Limeirão apresentava vários pontos com acúmulo de água. E tal presença interferiu diretamente nas ações dos dois times principalmente no início do jogo.
Sem condições de tocar a bola ou mesmo tentar o drible, colorados e corintianos viram a bola parar repetidas vezes no campo. Lançamentos longos viraram alternativa única para tentar evitar a interferência deste fator no jogo. 
 
E exatamente desta forma o Internacional conseguiu um pênalti. Aos 19 minutos, um lançamento encontraria o atacante Mila, que foi derrubado por Léo Santos. Infração marcada e transformada em gol por Ortiz. 
 
Mas a vitória parcial gaúcha durou pouco. Três minutos mais tarde, um cruzamento da direita foi mal cortado exatamente pelo mesmo jogador que havia feito o primeiro gol do jogo. Tentando colocar a bola para escanteio, Ortiz marcou contra e empatou o jogo. 
 
Melhor adaptados ao jogo, Inter e Corinthians passaram a criar oportunidades. O jogo ganhou em qualidade e o Colorado pulou na frente de novo. Aos 24, Junio cruzou em curva e Ariel colocou na rede de cabeça. Só que a resposta foi imediata de novo. Cinco minutos mais tarde, Gabriel Vasconcelos bateu da entrada da área e deu números iguais ao jogo. 
 
Tudo se encaminhava para um emocionante primeiro tempo com empate em 2 a 2, mas o Corinthians ainda virou. No último lance da primeira etapa, o goleiro Igor saiu mal em uma cobrança de falta de Romão e Maycon marcou o terceiro gol corintiano na partida. 
 
O segundo tempo começou em confusão. Valdemir e Jabá se estranharam desde o apito inicial. E em uma disputa de bola entre ambos, o meia do Internacional agrediu o corintiano. O árbitro viu o lance e apresentou o vermelho para o atleta colorado. Atrás no placar, o Internacional ficou com um jogador a menos. 
 
O Inter lutou até o final, o Corinthians controlou o jogo e recuou para evitar qualquer surpresa. Yan Petter, do Inter, teve uma chance aos 15 minutos. A bola chegou a passar pelo goleiro, mas a zaga afastou. E o golpe de misericórdia do Corinthians veio aos 36 minutos do segundo tempo. Cruzamento de Romão, o goleiro Igor falhou de novo e a bola sobrou para Gabriel, que colocou na rede fazendo 4 a 2. E já nos acréscimos, mais uma jogada de contra-ataque acabou no quinto gol corintiano, de novo de Gabriel Vasconcelos. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos