Principais reforços formam time do Fla. Banco terá experientes e criticados

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    O volante Willian Arão inicia 2016 entre os titulares de Muricy Ramalho no Flamengo

    O volante Willian Arão inicia 2016 entre os titulares de Muricy Ramalho no Flamengo

Muricy Ramalho quer um novo Flamengo em 2016. A mudança envolve postura e alterações consideradas fundamentais no time. Seguindo a filosofia, o técnico terá como importante base boa parte dos reforços viabilizados pelos dirigentes. Dos oito atletas contratados até o momento, quatro serão titulares na formação considerada ideal pelo comandante.

O lateral-direito Rodinei, o zagueiro Juan, o volante Willian Arão e o meia Mancuello são nomes certos no novo Flamengo. A tendência é a de que o sonhado zagueiro também entre na equipe assim que a contratação se confirme. Desta forma, Wallace irá para o banco.

As alterações colocaram na reserva jogadores experientes e que encerram 2015 questionados pela torcida. São eles: Pará, César Martins, Canteros, Alan Patrick ou Everton. Muricy Ramalho conta com todos e considera o elenco capacitado para disputar as competições com as "novas" possibilidades no banco. Marcelo Cirino e Ederson ainda são alternativas viáveis para a titularidade no pensamento do comandante.

Com a pressão reduzida pela reserva, os jogadores tendem a render mais, de acordo com a avaliação da comissão técnica. É assim que o Flamengo coloca em prática o que pensa Muricy.

Dos atletas contratados, Alex Muralha deve iniciar como reserva de Paulo Victor, enquanto Chiquinho será o suplente do jovem Jorge. O zagueiro Antônio Carlos e o lateral-esquerdo Arthur Henrique chegam como apostas e devem ter oportunidades em jogos do Campeonato Carioca.

Com praticamente meio time modificado e um banco de reservas bem mais forte do que em 2015, o Flamengo confia nas mudanças promovidas e aposta em um 2016 diferente. As cartas estão na mesa e o otimismo é considerável.

"É um clima diferente daquele que terminou o ano passado. Estamos aqui para dar condições de trabalho. Como diz a marchinha, este ano não vai ser igual aquele que passou. Nossa forma de trabalhar coincidiu com a do Muricy, um homem respeitado e vencedor. É só o início. Estamos a todo vapor e com muito otimismo", explicou o vice-presidente de futebol, Flávio Godinho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos