Jornal faz as contas para tirar Neymar do Barça: R$ 1,6 bilhão

DO UOL, em São Paulo

Na última semana, o jornal francês L'Equipe afirmou que o Paris Saint-Germain pretende tirar Neymar do Barcelona. Mas para isso, a agremiação da 'capital da luz' terá que desembolsar nada menos do que 400 milhões de euros (o equivalente a R$ 1,6 bilhão), segundo o Sport, uma publicação espanhola.

Além de ser o terceiro melhor jogador de futebol do mundo, o atacante brasileiro é também um dos atletas mais caros da modalidade, sendo apenas superado por Cristiano Ronaldo e o colega de elenco Lionel Messi. O site Transfermarkt avalia Neymar em 100 milhões de euros (cerca de R$ 440 milhões).

O contrato de Neymar com o Barça termina em 30 de junho de 2018 e o time azul-grená está oferendo um salário líquido de 15 milhões de euros (aproximadamente R$ 66 milhões) por temporada. Sendo assim, para ter o atacante ex-Santos em sua equipe, o PSG teria que aumentar essa oferta.

Os parisienses poderiam oferecer 20 milhões de euros (R$ 88 milhões), o que poderia resultar em 200 milhões de euros (R$ 885 milhões) de salários em cinco temporadas. Além de prêmios que existem no atual contrato com o Barcelona.

Outro gasto a ser planejado pelo PSG é o da multa rescisória do contrato com o Barcelona, que está em torno de 190 milhões de euros (R$ 840 milhões). 

Deste modo, somando todos esses gastos, o custo de Neymar para o Paris Saint-Germain será aproximadamente de 400 milhões de euros (R$ 1,6 bilhão).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos