Reserva corintiano se divide em alegria e frustração por 'fico' de Cássio

Dassler Marques

Do UOL, em Orlando (EUA)

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

    Walter jogará diante do Atlético-MG no domingo em Boca Raton

    Walter jogará diante do Atlético-MG no domingo em Boca Raton

Walter viveu a expectativa de ser titular do Corinthians em 2016, mas terá ao menos uma oportunidade no domingo. Ele foi o eleito por Tite para a partida contra o Atlético-MG que abre a participação corintiana na Flórida Cup. Neste sábado, falou sobre os sentimentos vividos nos últimos dias pela quase saída de Cássio para o Besiktas-TUR. 

"Eu estava trabalhando da mesma forma. Temos uma intimidade grande, somos bem próximos e eu poderia estar jogando. Felizmente ou infelizmente aconteceu do caso de ele ficar. Não tinha nada concreto, não podia ficar feliz ou triste. E ele procurou se dedicar aos treinos e falando para nós o que estava acontecendo. Estou feliz e pretendo continuar aqui", declarou. 

"Cássio e eu temos uma amizade aberta. A proposta era muito boa para ele, e ele gostaria de ter ido. Mas trabalhou com o mesmo foco pensando no Corinthians. As esposas dos jogadores ficaram tristes com notícia de que ele iria embora. Ele foi trabalhando, conversando todos os dias para ter festa melhor antes de eu ir embora. Pelo lado da amizade ficamos felizes por ele ficar", acrescentou. 

O desempenho consistente como reserva imediato do Cássio nas últimas três temporadas, segundo Walter, rendeu uma procura recente do Flamengo. Ele foi um dos nomes trabalhados pelo clube rubro-negro, que contratou Alex Muralha, do Figueirense. 

"Fiquei sabendo depois que acabou o Muralha indo. Empresários do meu lado que estavam conversando com o Flamengo. Não sei valores e o que estava acontecendo, mas sei do interesse", resumiu. 

Ainda na sequência, Walter falou sobre a situação do goleiro Douglas, adquirido do Bragantino. Ele deve jogar 45 minutos diante do Atlético-MG, mas o clube tenta um empréstimo em função da permanência de Cássio. O Corinthians ainda aposta nos jovens Matheus Caldeira e Caíque França, em pré-temporada na Flórida.

"O Douglas batalhou como eu para chegar aqui. Está buscando o espaço dele, matando um leão por dia como eu fiz. Não sei se tem frustração da parte dele ou não porque a gente conversa. É um bom goleiro, vai buscar seu espaço e foi bem no Bragantino. Ele quer fazer história aqui dentro". 

O Corinthians que enfrenta o Atlético às 16h (de Brasília) terá: Walter; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique; Romero, Elias, Rodriguinho e Malcom; Danilo. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos