SP avança na Copinha em jogo com confusão entre torcedores e policiais

Do UOL, em São Paulo

O São Paulo entrou em campo neste domingo (17) podendo até perder por um gol de diferença no tempo normal ou nos pênaltis que garantiria vaga na próxima fase da Copa São Paulo por conta do regulamento. No entanto, a equipe paulista não deu chances para o Rondonópolis e, mesmo com a equipe reserva, venceu por 4 a 0, garantindo vaga nas quartas de final do torneio para enfrentar o Flamengo. Com o resultado, o Bahia também garantiu classificação por ter sido a equipe eliminada com a melhor campanha.

O São Paulo começou a partida trabalhando a bola com paciência, esperando uma falha no sistema defensivo do Rondonópolis para abrir o placar. Já a equipe do Mato Grosso ficou posicionada para tentar explorar os contra-ataques fornecidos pelo São Paulo.

Com poucas oportunidades para ambos os lados, o primeiro gol saiu apenas aos 25 minutos de jogo. Pedro foi derrubado na grande área por Wellerson. Luis Araújo foi para a cobrança e abriu o placar, mas o árbitro anulou a cobrança por conta de uma invasão. Sem se omitir, Araújo pegou a bola novamente e apenas trocou o canto em que bateu para fazer 1 a 0 para o São Paulo.

O gol marcado pela equipe paulista levou o Rondonópolis a sair um pouco mais para o jogo em busca do empate. No entanto, a estratégia acabou dando errado: Gabriel aproveitou espaço na defesa adversária e passou a bola para que Pedro Augusto marcasse o segundo gol do São Paulo.

O segundo tempo começou sob clima pesado após grande conflito envolvendo torcedores do São Paulo e policiais que faziam a segurança da partida. No entanto, os jogadores do São Paulo não se deixaram levar pelas animosidades e, se fora de campo o clima era quente, dentro dele o ritmo diminuiu e o São Paulo só ampliou o placar a cinco minutos do final da partida, novamente com Luiz Araújo e Pedro Augusto. 

Torcedores do São Paulo entram em conflito com policiais

 
A briga teria começado perto de um portão de acesso para as arquibancadas. Em imagens exibidas pelo canal Sportv, diversos torcedores cercaram e agrediram policiais com barras de ferro e outros objetos. A polícia tentou conter a confusão com bombas de gás lacrimogêneo. 
 
A atitude foi repudiada pelos torcedores presentes no local, que vaiaram a atitude dos torcedores. Diversos espectadores que estavam com pessoas idosas e crianças fugiram para a arquibancada mais distante de onde o confronto ocorreu. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos