Tite vê lado positivo em derrota e brinca com Atlético: "invejo o Aguirre"

Dassler Marques

Do UOL, em Boca Raton (EUA)

O treinador Tite, apesar da derrota para o Atlético-MG por 1 a 0, falou positivamente a respeito do Corinthians na estreia da Flórida Cup. Para uma equipe que perdeu quatro titulares, ele ficou surpreso com o desempenho. E, observado pelo atleticano Diego Aguirre que também aguardava para falar, brincou. 

"Não me surpreende o Atlético manter os jogadores. Só me faz invejar um pouquinho o Aguirre pela permanência, a gente entende (as saídas), não é (colocar) carga de responsabilidade maior. Corinthians e Atlético têm grandeza de conquistar, tiveram entre os três ou quatro melhores times do ano passado. A China nos ferrou (risos). A manutenção dos atletas importantes eleva o nível técnico e infelizmente a realidade nos retirou isso", comentou.

"Tivemos uma organização da equipe e padrão em função de atletas já trabalhados ano passado. A coordenação de movimentos acontece. Não fica desestabilizado. (Sobre reforços) Deixo a cargo da direção, porque qualquer nome que eu falar vai valorizar. Não é me omitir, o Corinthians sabe da sua grandeza, da necessidade, mas vai valorizar (se falar). Quem pede um vai pedir três porque o técnico pediu", disse ainda, com elogios ao rival.  
 
"Houve nuances de domínio do Atlético. Bola no pé do (Rafael) Carioca, do (Marcos) Rocha, são jogadores de qualidade. A saída de bola com Jemerson. Time tem imposição e qualidade técnica para sair. Dátolo é um pensador. O adversário teve momentos melhores, mas o Corinthians não foi um time que cedeu a esses momentos. Na média, ele reagiu, teve ideia da triangulação. No geral, desempenho bom". 
 
VEJA MAIS DECLARAÇÕES DE TITE
 
CÁSSIO DE FORA
O técnico dá ao atleta o que ele precisa, não o que ele quer. A comissão e as decisões (são para isso). A gente sentia no semblante dele que ele quer jogar, mas eu coloquei para ele isso (de não jogar). Temos o Walter trabalhando bem, foi bem. Disse tudo para isso para dizer que não sei, dependemos do treinamento (para saber se ele joga contra o Shakhtar). 
 
MARLONE ESTREOU
Marlone é jogador de lado que não sente contato físico. Se tem marcação forte ele sustenta, tem capacidade do contato. Se o jogo é trabalhado, é jogado, com espaço maior, ele tem qualidade. Preferencialmente de lado é que ele jogou o tempo maior no Sport. Daqui a pouco com um conhecimento maior sobre ele, vai poder flutuar pelo meio. O tempo vai permitir, ele tem característica.
 
DANILO COMO CENTROAVANTE
Retomando uma função onde ano passado fez contra o Once Caldas e outros jogos mais. Ele é de meio-campo, mas não vai ficar como atacante enfiado. Tem liberdade de movimentar entre meio-campo e zagueiros, e não ficar preso a dois zagueiros. Se o espaço é reduzido, para ele, que é jogador alto, facilita os movimentos. 
 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos