Grêmio se inspira em futebol inglês para suprir carência ofensiva

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

    Roger Machado quer Walace (foto) e Maicon fazendo função de box-to-box

    Roger Machado quer Walace (foto) e Maicon fazendo função de box-to-box

O Grêmio fechou 2015 com a análise de que faltou maior poder de fogo ao seu time. Sem nenhum reforço capaz de ajudar diretamente no quesito, o jeito é estabelecer novas instruções ao time. A meta de Roger Machado é fazer dos volantes os novos finalizadores de média e longa distância, com inspiração em um modelo inglês.

A ideia é utilizar a função box-to-box com Maicon e Walace. Ou seja: além de desarmar, os volantes do Grêmio terão de participar ativamente da construção ofensiva e com liberdade para concluir a gol ou então entrar na área adversária. A orientação é ligada ao futebol inglês pelo tradicional esquema 4-4-2 com duas linhas e teve êxito recente no Manchester United de Alex Ferguson, entre outros.

"Vou fomentar muito isto nos nossos volantes, instruir eles a estarem mais na frente, com mais gente perto da área", disse Roger Machado. "Temos que evoluir, não é uma evolução muito grande, mas no todo vai ser significativo. Gradativamente isso vai vir, vai influenciar no nosso jogo", completou.

Além de dar opção para o ataque, a função diferente também combina com um princípio de jogo que o treinador do Grêmio já indicou para 2016: o bloco ofensivo. Com uma linha de meio-campo avançada, a defesa também caminha metros para frente. Assim, reduz espaço e encorpa a pressão e atrapalha a transição ofensiva do adversário, em caso de perda da bola no campo de ataque.

"Ele pediu para pisar de área em área. Estamos tentando evoluir, melhorar nosso poder ofensivo. Ele pediu para eu fazer gol. Não só eu, mas todos nós", comentou o volante. "Já gerou uma mudança dentro da gente, já temos na cabeça a coisa de chegar à área, de finalizar melhor. Estamos sendo cobrados para chegar lá mesmo", acrescentou.

Além de Walace e Maicon, os demais volantes do elenco também receberam novas instruções nos últimos dias. "Ele conversou com todos os volantes, pediu para a gente se aproximar mais da linha dos atacantes. Formando melhor ali e dando opção", relatou Moisés.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos