Pai de envolvido em punição ao Real acusa clube de queimar ficha do filho

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Venezuelano Manuel Godoy passou pelo Real Madrid entre 2012 e 2013

    Venezuelano Manuel Godoy passou pelo Real Madrid entre 2012 e 2013

A punição da Fifa ao Real Madrid pela contratação irregular de atletas menores de idade segue com desdobramentos polêmicos na Espanha. Em entrevista à Rádio G4, o pai de um dos adolescentes envolvidos no caso acusou o clube madrileno de tentar "esconder" a existência de seu filho e até de queimar seus registros.

O atleta em questão é o venezuelano Manuel Godoy, 15 anos, que passou pelo Real entre 2012 e 2013. Segundo o pai, Ramón, o garoto foi proibido de treinar assim que a Fifa começou a suspeitar de que sua contratação havia sido ilegal.

"O Real Madrid renega Manuel, parece que o querem esconder. Em nenhum momento voltaram a entrar em contato conosco. Disseram-nos até que o Real Madrid queimou a ficha de inscrição de Manuel. Trataram Manuel como se ele tivesse alguma doença", reclamou Ramón.

"Nunca assinamos nenhum documento oficial. Só mandaram uma carta onde comunicavam que (Manuel) tinha que se apresentar para a temporada. Numa segunda-feira, disseram ao menino que ele não poderia treinar. Eles nos disseram que a Fifa estava investigando", contou o pai.

Pelas regulamentações da Fifa, menores de idade não podem se envolver em transferências internacionais a menos que os pais também mudem de país com o atleta, por motivos não relacionados ao futebol. Segundo o diário AS, essa foi a regra quebrada pelo Real na contratação de Manuel Godoy e de outros jogadores. Porém, Ramón contestou a alegação e disse que quer "lutar ao lado" do clube.

"Quando Manuel fez o teste com o Real, nós já vivíamos em Madri havia meses. O Real aprovou Manuel e fez os trâmites para solicitar sua ficha. Ele jogou alguns torneios, ganhou um torneio internacional em Rimini (Itália). Em outro, fez três gols, e o próprio Florentino Pérez (presidente do clube) o abraçou", disse o pai.

"Nossa ideia, se o Real Madrid quiser, é lutar ao seu lado. O Real Madrid fez a parte legal pedindo a ficha do garoto. Não entendo por que tentam esconder. Queremos somar forças", concluiu.

Real suspeita que Bayern está por trás de denúncia, diz jornal

De acordo com o jornal catalão Sport, o Real Madrid suspeita que as denúncias anônimas que causaram as investigações e punições da Fifa contra clubes espanhóis partiram do Bayern de Munique. Atlético de Madrid, neste ano, e Barcelona, em 2014, também foram sancionados pelo mesmo motivo (transferências irregulares de menores de idade).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos