Bayern nega ser "dedo-duro" que causou punição ao Real Madrid

Do UOL, em São Paulo

  • AP/Keystone/Salvatore di Nolfi

    Rummenigge, diretor do Bayern, disse que o clube "não tem nada a ver" com o caso

    Rummenigge, diretor do Bayern, disse que o clube "não tem nada a ver" com o caso

Os rumores de que o Bayern de Munique estaria por trás da denúncia anônima que causou uma punição da Fifa ao Real Madrid, por conta de contratações irregulares de jogadores menores de idade, foram negados pelo clube alemão. O diretor-geral Karl-Heinz Rummenigge descartou qualquer envolvimento no tema.

"O Bayern não tem nada a ver com isso. O rumor é simplesmente uma mentira. Como é sabido, a relação entre os dois clubes é muito boa", disse o dirigente ao diário AS.

A imprensa espanhola divulgou na última terça-feira que o Real Madrid suspeitava que pessoas ligadas ao Bayern fossem os autores da denúncia que deixou o clube espanhol sem poder registrar novos atletas nas duas próximas janelas de transferências (meio de 2016 e janeiro de 2017). O Atlético de Madri e o Barcelona, clubes punidos pelo mesmo motivo, também foram investigados a partir de denúncias anônimas à Fifa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos