'Palmeiras terá paciência com Cleiton Xavier', afirma Paulo Nobre

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

    Depois do retorno ao Palmeiras, Cleiton Xavier disputou apenas 17 partidas

    Depois do retorno ao Palmeiras, Cleiton Xavier disputou apenas 17 partidas

O meia Cleiton Xavier desfalcará o Palmeiras por até 60 dias após uma lesão na panturrilha direita. Nesta quarta-feira, o jogador recebeu apoio do presidente Paulo Nobre. Segundo o dirigente, o clube alviverde terá paciência com o atleta.

"É um grande jogador e tem muito a dar ao Palmeiras. Era um sonho repatriá-lo. Conseguimos a duras penas. A contusão atrapalha um pouco o planejamento, mas o Palmeiras tem toda a paciência do mundo com ele e tem certeza que ele dará muitas alegrias ainda", disse em entrevista à ESPN.

Cleiton Xavier sentiu um incômodo na panturrilha direita na manhã da última sexta-feira. Na ocasião, o meia não participou do trabalho físico com o grupo à tarde. Em seguida, fez exames para detectar a gravidade do problema. Confirmada a lesão, o jogador também recebeu apoio do técnico Marcelo Oliveira.
 
"Lamentamos muito essa situação do Cleiton, porque estávamos fazendo uma preparação até individualizada, específica. Era gradativo. Aconteceu, não adianta lamentar tanto. É recuperá-lo, porque ele chegou muito empolgado, e tenho certeza absoluta de que vai se recuperar", disse o treinador.
 
A lesão do meia ocorre depois de o atleta enfrentar muitos problemas físicos na temporada passada. De volta ao clube, Cleiton fez apenas 17 partidas, quatro como titular, com um gol e duas assistências -- sua última partida oficial foi em 19 de agosto. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos