Richarlyson relembra perseguição de organizada, mas nega ameaça de morte

Emanuel Colombari

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters

    Volante era alvo de críticas das organizadas em sua passagem pelo São Paulo

    Volante era alvo de críticas das organizadas em sua passagem pelo São Paulo

Richarlyson defendeu o São Paulo entre 2005 e 2010. Pela equipe, conquistou o Mundial de Clubes (2005) e três vezes o Campeonato Brasileiro (2006, 2007 e 2008). Mas também passou maus bocados.

Em entrevista publicada nesta quarta-feira pelo jornal Folha de S. Paulo, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, relembrou os problemas que as duas principais torcidas organizadas do São Paulo tiveram com o jogador.

O dirigente era vice-presidente de futebol na época, e diz que Richarlyson chegou a sofrer ameaças das duas facções do clube. Mesmo assim, garante sempre ter defendido o volante.

"Há muitos e muitos anos, eles queriam matar um jogador que diziam que era gay, aquela coisa do machismo (em referência a Richarlyson). Na torcida tem um monte de gays, como em todos os lugares. Eu era vice-presidente de futebol, e eles foram lá falar comigo. Estavam tentando invadir, recebi uns 12 (integrantes), das duas torcidas. Conversamos e foi tudo bem. Defendi o jogador", disse Leco ao jornal.

O jogador, entretanto, diz que a pressão da torcida jamais chegou a colocar em risco sua vida. Em contato telefônico com o UOL Esporte, Richarlyson relembrou as vaias e críticas que recebia das principais organizadas do clube, mas diz que a pressão jamais superou os limites do campo.

"A única forma de repressão que havia era no campo mesmo, vaiando às vezes. Eu não entendo o porquê", contou o meio-campista, que defenderá o Grêmio Novorizotino no Campeonato Paulista em 2016. "A gente não é bobo, sabe o que havia naquela época. Mas ameaça de morte, em nenhum momento eu recebi", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos