São Paulo vence no Paraguai em estreia de Bauza e mostra novidades

Do UOL, em São Paulo

O São Paulo estreou na temporada de 2016 na noite desta quarta-feira (20) com vitória por 1 a 0 sobre o Cerro Porteño, em amistoso realizado no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai. Na primeira partida sob o comando do técnico argentino Edgardo Bauza, o time atuou com postura mais sólida, defensiva, e venceu com gol do volante Thiago Mendes.

Bauza colocou em campo os 11 titulares com que treinou nos últimos dez dias no CT da Barra Funda e mostrou novidades em relação ao time que terminou a temporada de 2015: o reforço chileno Eugenio Mena na lateral esquerda, Breno de volta à zaga depois de ter sido utilizado por Juan Carlos Osorio como volante e nova postura tática. O treinador ainda não pode contar com o zagueiro uruguaio Diego Lugano, pelo qual o amistoso contra o Cerro foi marcado. Lugano viajou até Assunção, mas ainda se prepara para jogar e não está liberado pelo núcleo de preparação física.

No início da partida o São Paulo teve dificuldades para manter o posicionamento defensivo e viu o Cerro Porteño assustar logo em duas oportunidades: na primeira, Rodrigo Caio teve de afastar cruzamento baixo pela esquerda; na segunda, Breno falhou na marcação e Ortigoza conseguiu finalizar – para fora – depois de contra-ataque.

O time da casa ainda levou perigo em cabeceio de Alonso após cruzamento, que Denis, o substituto de Rogério Ceni, defendeu com a perna esquerda. Na primeira etapa o São Paulo levou perigo ao gol adversário com Michel Bastos – capitão na partida – em cobrança de falta, forte, defendida por Anthony Silva, e com o estreante Eugênio Mena, que recebeu ótimo passe de Paulo Henrique Ganso, mas finalizou muito mal, em cima de Silva.

O São Paulo abriu o placar logo no início do segundo tempo quando Thiago Mendes se aventurou no ataque. Destaque do time em 2015, o volante arrancou pelo centro do meio de campo, tocou na frente para Alan Kardec, que fez o pivô, segurou a marcação e devolveu para o volante chutar de fora da área e marcar o gol.

Durante a partida, Edgardo Bauza mostrou que absorveu parte do trabalho de Osorio e inseriu o lateral esquerdo Carlinhos como ponta esquerda no segundo tempo, no lugar de Centurión, que teve atuação apagada. Foi o técnico colombiano quem deu as primeiras chances para o camisa 6 no setor ofensivo, e não na defesa. Ainda na partida, o treinador argentino testou o volante Wesley como ponta direita, mas só por alguns minutos antes de colocar Wilder e Rogério em campo. 

Nos minutos finais da partida, o zagueiro Breno se envolveu em princípio de confusão com Valdez, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. 

FICHA TÉCNICA
CERRO PORTEÑO 0 X 1 SÃO PAULO

Local: Defensores del Chaco, Assunção (Paraguai)
Data: 20/1/2016 - 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Ulises Meireles (PAR)
Auxiliares: Carlos Cáceres (PAR) e Rodney Aquino (PAR)

Cartões amarelos: Valdez e Mareco (Cerro), Breno, Hudson e Mena (São Paulo)
Cartão vermelho: Breno (São Paulo)
Gol: Thiago Mendes

Cerro Porteño: Silva, Bonet (Velázquez), Leonardo Cáceres (Mareco), Valdez e Alonso; Raul Cáceres (Gonzáles), Oviedo, Santana (Riveros) e Meza (Domínguez); Fabbro; Ortigoza (Díaz)
Técnico: César Farias

São Paulo: Denis; Bruno, Rodrigo Caio, Breno e Mena (Reinaldo); Hudson (Lucão) e Thiago Mendes (Wilder); Michel Bastos (Rogério), Ganso (Wesley) e Centurión (Carlinhos); Alan Kardec
Técnico: Edgardo Bauza

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos