Trio de reforços pontuais volta ao Brasil com saldo positivo no Atlético

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Trio foi apresentado no início do ano. Atlético-MG ainda pensa em trazer mais dois

    Trio foi apresentado no início do ano. Atlético-MG ainda pensa em trazer mais dois

As duas semanas de pré-temporada ainda não permitiram ao torcedor ter a certeza de tudo que o Atlético-MG poderá apresentar ao longo da temporada. Contudo, os primeiros dois compromissos do ano já dão alguns indícios de como o time irá se apresentar em campo, sobretudo no modo de jogo com o técnico Diego Aguirre e nas características dos reforços contratados até o momento. Mesmo que em poucos minutos em campo, Hyuri, Cazares e Erazo voltaram ao Brasil com um saldo positivo.

Do trio de recém-contratados que já veste a camisa atleticana, Hyuri é o que voltou ao Brasil já com o gostinho de marcar um gol na nova equipe. Na partida contra o Schalke, o atacante entrou no segundo tempo e fez uma boa apresentação, incluindo a participação no gol de Patric. Contra o Corinthians, o jogador foi o único a colocar a bola nas redes e ser o responsável direto pela segunda vitória no ano e o primeiro título.

"O grupo é forte, temos qualidade e vamos continuar assim até o resto da temporada. É bom saber que você vai entrar em campo para ganhar, isso faz bem. O gol foi nosso, do Atlético, da torcida, de todo mundo", comentou o jogador, em sua chegada a BH.

No gol marcado por Hyuri, chamou muito atenção a enfiada de bola do garoto Cazares para Lucas Pratto, autor da assistência. Rápido e habilidoso, o jogador de 23 anos não é muito de falar, mas recebeu elogios dos colegas que foram aos microfones.

"Vamos brigar por títulos. Pelo jeito que estamos treinando, pela pré-temporada e os jogadores que chegaram, vocês viram a qualidade. O equatoriano chegou, muito inteligente, pode ter certeza que vamos brigar por títulos", comentou Leandro Donizete, sobre Cazares.

Da trinca de contratações, resta ainda Erazo, que não se destacou tanto quanto os outros dois, mas chega com bagagem, já que serve a seleção do Equador, líder das eliminatórias da Copa. A princípio, o zagueiro chega para ser o reserva imediato da dupla Leonardo Silva e Jemerson, atuais titulares.

"Esses três reforços mostraram que vieram para ser reforços. O Hyuri bem nos dois jogos, o Cazares mostrou uma qualidade boa. É pouco para falar do que eles podem proporcionar, mas deu para ver que são jogadores de nível. O Erazo é nível de seleção. O Atlético começa bem, com título internacional, os jogadores com sabor de conquista e eu acho que vai ser um ano muito bom", comentou o diretor de futebol, Eduardo Maluf.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos