Primeiras impressões do Cruzeiro: movimentação e passe formam estilo Deivid

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Gabriel Lordello/Light Press/Cruzeiro

    Filosofia do técnico Deivid já pôde ser percebida no amistoso do Cruzeiro

    Filosofia do técnico Deivid já pôde ser percebida no amistoso do Cruzeiro

No primeiro amistoso do ano, o Cruzeiro deu indícios da nova cara com o técnico Deivid. A principal novidade na vitória por 2 a 0 diante do Rio Branco-ES, em Cariacica, foi o estilo de jogo implantado pelo treinador neste início de ano, valorizando a posse de bola e evitando as antigas ligações diretas e os chutões do campo de defesa.

A base do time segue a que terminou no ano passado, ainda com o técnico Mano Menezes. No entanto, a mudança para o esquema com dois volantes deixa o time mais leve. No quarteto ofensivo, De Arrascaeta, Alisson, Marcos Vinícius e Willian chamaram atenção principalmente com a movimentação intensa dentro de campo.

Passe e movimentação são prioridades

Com Deivid, o Cruzeiro prioriza a posse de bola e movimentação intensa dos jogadores. Alisson não fica mais preso na direita e Marcos Vinícius na esquerda. Ambos fluruaram e trocam constantemente de posições, assim como Willian, escalado com centroavante. Foge do óbvio, evita usar os chutões e explora a troca de passes curtos, características da filosofia implantada pelo técnico nesta pré-temporada, adepto do tiki-taka.

Controle de bola evita sustos

Além da inferioridade técnica do Rio Branco, a alta posse de bola do Cruzeiro permitia que o time celeste sequer fosse ameaçado, simplesmente porque ficava bem mais tempo com a bola sob seus domínios. Mais compacto defensivamente, o goleiro Fábio só foi ameaçado nas finalizações a longa distância. A bola parada, problema no primeiro jogo-treino contra o Villa Nova, não ameaçaram.

Deivid ganha novas opções

Jogadores que anteriormente eram apenas reservas pouco utilizados começam o ano com perspectivas maiores de entrarem em campo. Foi o assim com o garoto Allano. O meia jogou na lateral quando ainda atuava na base do Botafogo. Com a ausência de Fabrício, Allano foi titular na esquerda e agradou, mesmo com Sánchez Miño (recém-contratado que também joga pelo setor) à disposição. No lado direito, Mayke voltou ao time principal, mas Fabiano o substituiu no segundo tempo e foi mais contundente.

Reforços com boa estreia

Matías Pisano e Sánchez Miño fizeram uma boa estreia. Miño também jogou como lateral esquerdo a partir do momento em que Allano deixou o campo, mas chamou mesmo a atenção nos15 minutos que fez a função de volante. Já Pisano mostrou boas jogadas e um bom entrosamento com o garoto Gabriel Xavier. Sombra de Willian no ataque, Rafael Silva contou com a sorte no lance do seu gol, mas sem o bom posicionamento não teria marcado. Pelo lado direito, Douglas Coutinho fez a função tanto de segundo atacante quanto de meio-campista, ligando o meio ao ataque.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos