Conheça artifícios do Cruzeiro para gastar só R$ 1 mi em reforços para 2016

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

O Cruzeiro abusou da criatividade na atual janela de transferências para se reforçar. A diretoria confirmou a chegada, até o momento, de seis jogadores e, por incrível que pareça, só teve que recorrer aos cofres para contratar um deles. No total, o clube desembolsou apenas R$ 1 milhão para encorpar o elenco comandado por Deivid.

No ano passado, pouco antes do término do Brasileirão, o vice-presidente de futebol, Bruno Vicintin, já revelava a intenção de gastar o mínimo possível com contratações. A intenção, segundo ele, sempre foi reduzir os investimentos.

"Esse número (de quatro a seis contratações) inclui as trocas que o Cruzeiro vai fazer. Nenhum clube está com dinheiro para realizar grandes investimentos este ano. Então muitas trocas serão comuns. Os reforços terão perfil de Cruzeiro, jogador técnico, que trata bem a bola e sabe jogar", afirmou, em novembro de 2015.

Confira os reforços do Cruzeiro para 2016:
Marciel

Julia Chequer/Folhapress

O meio-campista foi contratado junto ao Corinthians por empréstimo. Em troca, o clube cedeu o volante Willians até dezembro de 2016. O Cruzeiro pode adquirir os seus direitos econômicos por 5 milhões de euros (R$ 22,1 milhões) ao término do contrato.

Bruno Nazário

Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Revelado pelo Figueirense, o meia-atacante, de 18 anos, chegou à Toca da Raposa II por empréstimo. Ele pertence ao Hoffenheim, clube da Alemanha, e ficará em Belo Horizonte até julho de 2017.

Matías Pisano

Cruzeiro/Divulgação

O meia-atacante foi a única contratação que demandou investimento em 2016. O jogador custou R$ 3,8 milhões ao clube. O Cruzeiro perdoou uma dívida de 700 mil dólares (R$ 2,8 milhões) do Independiente, clube argentino que detinha os seus direitos econômicos, e desembolsou mais R$ 1 milhão para que ele assinasse contrato por três temporadas.

Sánchez Miño

Washington Alves/Light Press

O argentino pertence ao Torino, da Itália, e estava emprestado ao Estudiantes, da Argentina. Ele chegou à Toca da Raposa II por empréstimo de uma temporada com os direitos fixados. O valor que o clube necessita desembolsar para adquiri-lo em definitivo, porém, não foi revelado. Ele não onerou as receitas do clube.

Douglas Coutinho

Cruzeiro/Divulgação

O atacante é outro atleta que chegou à Toca da Raposa por empréstimo. A parceria com a Doyen Sports foi fundamental para a sua contratação. A empresa que detém 70% dos direitos econômicos do jovem aceitou que o Cruzeiro fosse seu destino. Em troca, o zagueiro Paulo André e o lateral esquerdo Pará foram emprestados ao Atlético-PR, clube com o qual tem contrato até o fim de 2017.

Rafael Silva

Wahington Alves/Light Press

O ex-vascaíno foi contratado em definitivo, assinando por duas temporadas com o Cruzeiro, conforme revelado em sua apresentação. Sem contrato desde a passagem pelo Vasco, ele não custou nada aos cofres do clube.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos