Goleiro do Fla justifica provocação e culpa estratégia por pênalti perdido

Do UOL, em São Paulo

O goleiro Thiago foi o protagonista da conquista do Flamengo na Copa São Paulo de 2016. O camisa 1 teve a chance de dar o título à equipe carioca nas cobranças de pênaltis, mas teve seu chute defendido pelo goleiro do Corinthians, Filipe; mesmo assim, defendeu duas cobranças na sequência.

Diante de suas defesas, Filipe vibrou muito, inclusive na cobrança de Thiago. Em suas posteriores defesas, o flamenguista também comemorou, inclusive em direção ao adversário. Após a conquistar, o camisa 1 rubro-negro explicou a suposta provocação.

"Depois que eu peguei, eu falei: 'pega o seu aí, então. Se perder, a gente é campeão'", disse, ainda em campo.

O próprio Thiago culpou a mudança de estratégia pelo pênalti que perdeu. "Na hora, mudei a batida. Ia bater cruzado, bati chapado", disse o goleiro. "Mas Deus me abençoou", completou.

Mais tarde, em entrevista à ESPN Brasil, o goleiro disse que o pênalti que perdeu não diminuiu sua confiança. "A gente não está acostumado a viver (essa pressão). Mas eu tinha a confiança de que ia pegar um pênalti", afirmou.

O meia Cafu creditou o título às orientações do técnico Zé Ricardo e às orientações recebidas no intervalo. No primeiro tempo, o Corinthians abriu 2 a 0, mas o Flamengo reagiu e empatou o jogo com menos de dez minutos após o intervalo.

"Conseguimos realizar em campo o que o treinador pediu no vestiário", afirmou à ESPN Brasil. "O professor pediu para a gente entrar mais concentrado. As chances acabaram aparecendo e a gente conseguiu aproveitar", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos