Barcelona terá que indenizar Messi caso decida vendê-lo, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • Manu Fernandez/AP Photo

    Contrato prevê aumento de salário em 2016. Saída tiraria de Messi tal aumento

    Contrato prevê aumento de salário em 2016. Saída tiraria de Messi tal aumento

Em 2014, Lionel Messi renovou seu contrato com o Barcelona até junho de 2018, com uma multa rescisória de 250 milhões de euros. No entanto, caso venda seu principal jogador, o Barça terá que pagar a ele uma indenização.

De acordo com o jornal catalão Ara, o contrato assinado por Messi apresenta uma cláusula que obriga o Barcelona a desembolsar 19 milhões de euros caso decida vendê-lo antes de junho de 2016. O motivo: a falta de aumento de salários.

No contrato de quatro anos, o salário de Messi é de 22,5 milhões de euros por ano. Entretanto, a partir de 1º de julho de 2016, o valor sobe para 39,5 milhões de euros.

Uma negociação com outro clube tiraria de Messi este aumento. Por isso, na última renovação, a cláusula contratual dá a ele uma garantia financeira.

O valor da indenização, entretanto, diminuiria caso a negociação aconteça em 2017. Neste caso, seria de pouco menos de 10 milhões de euros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos