Flu rebate Ferj e ataca Vasco na Série B: 'torcedor sabe onde é o problema'

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Nelson Perez/Fluminense FC

    Vice de futebol do Fluminense, Mário Bittencout atacou os desafetos do futebol carioca

    Vice de futebol do Fluminense, Mário Bittencout atacou os desafetos do futebol carioca

O Fluminense não gostou dos ataques da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) por conta dos impasses referentes à Primeira Liga. O vice-presidente de futebol do Tricolor, Mário Bittencourt, rebateu a Ferj e falou em ataques covardes da entidade nos últimos meses.

"Lamento profundamente.  Demonstra como estamos mal representados no Rio. Estamos lutando por melhora no futebol. Fomos covardemente atacados no último Campeonato Carioca e a cena se repete um ano depois. Essa é a dificuldade que temos para melhorar o futebol brasileiro. Nos chamam de miliciano por descumprir legalidade? Nosso torcedor não é bobo, sabe onde está o problema", disse o cartola.

Mário Bittencourt ainda aproveitou a entrevista coletiva desta terça-feira, na sede das Laranjeiras, para atacar o Vasco, principal clube aliado da Ferj.

"Achei curioso quando ele quis fazer chacota com o Fluminense sobre a Florida Cup. O clube que mais apoia ele caiu para a série B. Mais uma vez os cariocas ficam sem grandes resultados, muito em função de como o futebol do Rio é conduzido. Existem dois clubes que tentam melhorar o futebol carioca. Curiosamente os que têm melhor performance nos últimos anos. Isso deve significar alguma coisa", atacou Mário.

Por fim o dirigente do Fluminense disse que o clube só disputará o Campeonato Carioca por obrigações contratuais e que já espera ser prejudicado em função do histórico de conflito nos bastidores com a Federação do Rio.

"Fomos amplamente prejudicados ano passado. Jogamos na Região dos Lagos no Carnaval, tivemos nosso principal jogador suspenso de uma semifinal. Não esperamos nada diferente disso esse ano. A Federação já se mostrou capaz desse tipo de coisa. Infelizmente, temos que jogar", encerrou Bittencourt.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos