Primeira Liga usa a própria CBF para validar Gre-Nal por duas competições

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    Primeiro Gre-Nal de 2016 vai valer por duas competições: Gaúcho e Primeira Liga

    Primeiro Gre-Nal de 2016 vai valer por duas competições: Gaúcho e Primeira Liga

Uma declaração de Walter Feldman, secretário geral da CBF, irritou ainda mais os dirigentes dos clubes participantes da Primeira Liga. Em entrevista à Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, Feldman, criticou a tabela da competição que vai começar nesta quarta-feira, mesmo sem o aval da entidade que comanda o futebol nacional.

"O que não pode é se abrir a perspectiva, da terceira, quarta ou quinta partidas. E aí é a realização de um torneio completo. Não que ele não possa ser feito, é porque não existe a possibilidade de não conflito com a agenda já estabelecida pelo calendário nacional. Não teria sentido, por exemplo, um Gre-Nal valendo por duas competições. Não teria sentido um final com um clube carioca na mesma data com rodada aqui no Rio".

No entanto, o que Feldman não sabia é que a decisão de fazer o Gre-Nal do Campeonato Gaúcho valer também pela Primeira Liga partiu tem precedente dentro da própria CBF. Em 1993, sem datas para realização da Recopa (duelo entre vencedores da Libertadores e da Supercopa do ano anterior), a Conmebol e a CBF concordaram que o duelo entre São Paulo e Cruzeiro, marcado para o dia 25 de setembro, poderia valer por duas competições.

Assim, o jogo disputado no Morumbi, reuniu o São Paulo campeão da Libertadores e o Cruzeiro campeão da Supercopa. A partida valia pelo Campeonato Brasileiro, mas o resultado foi considerado também como o jogo de ida da Recopa, após acordo entre as entidades. A partida terminou empatada sem gols.

Na volta, quatro dias depois, no Mineirão, o duelo valeu somente pelo curto torneio internacional. Novo placar de 0 a 0 e decisão nos pênaltis. Melhor para o São Paulo, que venceu por 4 a 2. Então no começo de carreira, Ronaldinho ainda não era Ronaldo Fenômeno e perdeu uma das cobranças, defendida por Zetti.

Tendo em consideração a partida que aconteceu em 1993, a Primeira Liga encontrou essa solução para a terceira rodada, já que Grêmio e Atlético-MG não podem jogar na data prevista, pois estão ambos têm compromissos pela Copa Libertadores. Pelo fato de o Estadual em Minas Gerais ter menos jogos, o clássico Atlético e América-MG está marcado para o dia 2 de março, uma semana antes dos demais jogos.

Já o Gre-Nal vai ser disputado no dia 6 de março, na Arena Grêmio. Com o aval da Federação Gaúcha de Futebol o clássico vai valer por duas competições. Mas para evitar confusão, as questões que envolvem transmissão, arbitragem e suspensões de atletas vão valer do Campeonato Gaúcho.

E nas demais 17 partidas da fase inicial, não existe nenhum conflito de datas com os estaduais, como alegou Walter Feldman.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos