São Paulo aprova três da Copinha e encaminha compra de capitão do sub-20

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

A diretoria do São Paulo retomou após o fim da participação do clube na Copa São Paulo o programa de integração entre futebol de base e profissional, remodelado nos últimos meses após a troca de comando no CT de Cotia. No último fim de semana, três dos atletas que mais se destacaram no torneio treinaram com o elenco principal, no CT da Barra Funda: o volante Matheus Banguelê, o meia Lucas Fernandes e o atacante Joanderson.

Nos últimos dias o clube avançou em conversa e encaminhou a contratação definitiva de Banguelê, 19, que foi capitão da equipe sub-20 na Copa São Paulo. Revelado pelo Bahia, o jogador está registrado em um clube terceiro e foi contratado em março de 2015 por empréstimo pelo São Paulo, com opção de compra fixada no contrato, que agora foi exercida pelo São Paulo. Segundo informado pelo estafe do atleta, o acordo agora só depende de troca final de documentos e assinatura do contrato.

Felipe Espindola/saopaulofc.net
Banguelê, capitão campeão em 2015, mantido na Copinha

Apesar dos três jogadores terem participado do treino com o elenco principal, nenhum deles foi promovido ao futebol profissional. O São Paulo pretende manter uma rotina de rodízio de jovens em treinos na Barra Funda, com visitas esporádicas de pequenos grupos de atletas, para tornar a transição desde Cotia mais sutil.

Felipe Espindola/saopaulofc.net
Lucas Fernandes usou a camisa 10 na Copinha

Banguelê é primeiro volante e chamou atenção na categoria sub-20 do São Paulo pela liderança que lhe rendeu a braçadeira de capitão com o técnico André Jardine ainda em 2015. Outro testado, Lucas Fernandes, 18, vestiu a camisa 10 na Copa São Paulo, mas é um meia de mobilidade, que teve os melhores momentos atuando pelos lados do campo e perto do ataque. Joanderson, 19, é centroavante e já foi testado em outros momentos entre os profissionais do São Paulo.

O trio participará da Copa Libertadores sub-20, que começa nesta quarta-feira. O zagueiro Lyanco, promovido por Juan Carlos Osorio no ano passado ao time profissional, se juntará à categoria inferior para disputar a competição.

Apesar do teste com os três jogadores no último fim de semana, há outros atletas considerados pelo São Paulo em nível semelhante e até com maior potencial que ainda não foram testados em 2016. O atacante David Neres, canhoto, que costuma aparecer como ponta direita, e o atacante Murilo, promovido por Osorio, mas que não teve grandes momentos na Copa São Paulo, são dois deles.

Felipe Espindola/saopaulofc.net
Joanderson, artilheiro na categoria sub-20

Por enquanto o São Paulo não fala em integrar novos jogadores ao elenco profissional e só deverá fazê-lo ao longo do primeiro semestre, pouco a pouco.
 
O clube recorreu ao mercado e ainda observa alternativas para reforçar o time para a Copa Libertadores. Foram contratados o zagueiro Diego Lugano, o lateral esquerdo Eugenio Mena, e os atacantes Kieza e Jonathan Calleri. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos