Pré-temporada no Palmeiras faz M. Oliveira reviver cenário do bi brasileiro

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    Marcelo Oliveira comanda treino do Palmeiras durante a passagem pelo Uruguai

    Marcelo Oliveira comanda treino do Palmeiras durante a passagem pelo Uruguai

Sete meses depois de assumir o comando do Palmeiras, Marcelo Oliveira tem o maior período de treinos à frente do time. No total, da apresentação dos jogadores após as férias à estreia no Paulistão, o treinador terá 25 dias para preparar a equipe alviverde.

O cenário é considerado ideal pelo próprio comandante. Dessa forma, Marcelo Oliveira consegue colocar em prática os mesmos passos dados antes do bicampeonato nacional pelo Cruzeiro. Nas duas ocasiões, o técnico comandou o time mineiro desde a pré-temporada.

Marcelo chegou ao Palmeiras em junho passado e comandou o time em 40 partidas até o fim a temporada 2015. O calendário impediu que o técnico tivesse tempo para preparar o time durante sessões seguidas de treinos -- o Palmeiras teve no máximo cinco dias de trabalhos intensivos, em Atibaia, em meados de novembro.

"Eu nunca usei isso como desculpa, ter começado o trabalho em junho, era circunstância. Só respondia quando perguntavam. Mas acho sempre que é o ideal iniciar assim, impondo as condições que você acredita", disse Marcelo Oliveira na última sexta-feira.

No Cruzeiro, o treinador foi contratado ainda em dezembro de 2012. A pré-temporada começou em janeiro e foi realizada na Toca da Raposa, o centro de treinamento do clube mineiro. O time ficou com o vice no estadual, mas sobrou no Brasileirão. Na temporada seguinte, Marcelo levou o time às duas conquistas, novamente após um longo período para trabalhar em janeiro.

Dessa vez, no Palmeiras, Marcelo Oliveira optou por uma viagem a Itu, cidade do interior paulista. O elenco alviverde ficou em um hotel por nove dias e foi a campo em dois períodos.

"Fizemos 16 sessões de trabalho intenso. Fizemos muito trabalho de campo reduzido. A intenção é em espaço curto, com toques rápidos. Precisamos mesmo ser um time que possa sair jogando com mais tranquilidade", afirmou.

A preparação do Palmeiras ainda incluiu a disputa de um torneio amistoso no Uruguai, onde a equipe permaneceu por cinco dias. No país, o time teve a chance de enfrentar o Nacional-URU, um dos adversários da fase de grupos da Libertadores.

Além disso, o Palmeiras fez um jogo-treino com o River Plate-URU. O time paulista pode estrear na competição contra os uruguaios, que terão de passar pela Universidad de Chile na pré-Libertadores.

De volta à capital paulista, o Palmeiras terá ainda uma semana cheia de treinamentos na Academia de Futebol. A estreia no estadual ocorrerá no domingo, às 19h30, contra o Botafogo, em Ribeirão Preto. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos