Rafael Marques critica a China e mostra alívio após acerto com o Palmeiras

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Agência Palmeiras

    Rafael Marques foi o vice-artilheiro do time do Palmeiras na temporada 2015

    Rafael Marques foi o vice-artilheiro do time do Palmeiras na temporada 2015

Rafael Marques passou dias longe do time do Palmeiras, à espera de uma definição em relação à negociação entre o clube paulista e os chineses do Henan Jianye. Na primeira entrevista após o retorno, o atacante fez duras críticas ao país asiático e exaltou a permanência no time alviverde.

"Não basta só dinheiro. Tem de querer crescer. Se não mudar a mentalidade, não vai avançar (o nível do futebol chinês). Ele têm um jeito ditador de comandar. É do jeito que eles querem", disse Rafael Marques, que acertou com a China no fim de 2013, após boa passagem pelo Botafogo.

Segundo o jogador, houve episódios negativos durante a passagem de um ano pela China. "Vi agressão dentro do vestiário, de treinador para jogador. Isso me incomodou muito, vi duas ou três vezes. Saia e esperava a poeira baixar. Era entre chineses. No outro dia  tinha de recomeçar tudo de novo", afirmou.

O jogador, que chegou ao Palmeiras no começo de 2015, disse que ficou ansioso pelo acerto. Na negociação, Rafael Marques abriu mão de uma premiação dos chineses.

"Depois que acabou a Copa do Brasil comecei a pensar nisso e fiquei ansioso. Foi um transtorno até o final, não conseguia dormir pensando se ia resolver logo ou não. Na última semana foi mais tenso ainda, pois o time se apresentou no dia 6. Bateu uma tristeza", ressaltou.

O Palmeiras estreará no Campeonato Paulista no próximo domingo, contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. A partida terá início às 19h30. Na segunda rodada, o time enfrentará o São Bento no Pacaembu. O jogo será na quinta-feira, dia 4.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos