Atlético-MG confirma contrato de cinco anos com fornecedora canadense

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético MG

    Depois de dois anos, Puma deixa de ser a fornecedora de material esportivo do Atlético-MG

    Depois de dois anos, Puma deixa de ser a fornecedora de material esportivo do Atlético-MG

Com valores que giram em torno de R$ 20 milhões anuais, o Atlético-MG fechou uma parceria de cinco anos com a Dryworld Industries. O acordo coloca o clube mineiro com a quarta equipe do país mais bem paga no ranking de material esportivo, atrás somente de Corinthians, Flamengo e São Paulo.

Embora não confirme os valores, o clube mineiro celebra o acerto com a empresa canadense, o maior da história do Atlético. "O Atlético foi escolhido como o primeiro clube de futebol a vestir a marca Dryworld e será o principal representante da marca no Brasil. Fechamos um contrato recorde para o clube e vamos trabalhar junto a Dryworld para entregar o melhor material aos nossos torcedores", declarou o presidente Daniel Nepomuceno ao site do clube.

A nova camisa já estará à disposição do torcedor até o final de fevereiro, ao preço de R$ 229,90. Uma edição especial também vai ser lançada, com embalagem e material diferentes, e vai custar R$ 299,90. Para o segundo semestre a empresa canadense promete lançar uma camisa réplica com um preço mais em conta, por cerca de R$ 100.

O time vai estrear no novo material no dia 17 de fevereiro, na partida contra o Melgar, na primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Além do Atlético-MG, a Dryworld já acertou o fornecimento de material esportivo para Fluminense e Goiás. Além da busca de novos clubes, os canadenses também estão negociando patrocínios pessoais com atletas, já que vai ser o primeiro ano de operação da marca no futebol brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos