Fábio assume culpa pelo empate, mas Deivid aprova o Cruzeiro em estreia

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Eduardo Valente/Light Press/Cruzeiro

    Treinador valorizou ponto alcançado fora de casa no primeiro jogo oficial da temporada

    Treinador valorizou ponto alcançado fora de casa no primeiro jogo oficial da temporada

O empate por 1 a 1 diante do Criciúma, na estreia da Primeira Liga, dividiu opiniões no time do Cruzeiro. Enquanto o treinador Deivid valorizou o ponto conquistado fora de casa, o goleiro Fábio não gostou nada do seu desempenho em um lance específico que tirou os três pontos da equipe mineira.

Ainda no primeiro tempo, a bola foi levantada na área do Cruzeiro e Diego Giaretta cabeceou firme com o gol praticamente aberto, já que Fábio tinha deixado sua meta. "Foi culpa minha. Calculei que a bola ia ao segundo pau, mas acabou chegando no primeiro e o cara fez o gol. Foi erro meu", comentou o goleiro, que se redimiu do lance e salvou o time da derrota em pelo menos três intervenções ao longo da partida.

Em contrapartida, na coletiva de imprensa de Deivid, o treinador fez um breve balanço positivo do ponto conquistado fora de casa.

"É difícil jogar aqui, mesmo com o Criciúma atuando na segunda divisão do Brasileiro. Achei que tivemos um jogo difícil, mas conseguimos atuar bem, impor nosso ritmo e nosso futebol, isso é muito interessante. É claro que precisamos ajustar algumas coisas, mas por ser o primeiro jogo valendo os três pontos, fiquei muito satisfeito", comentou o treinador.

Os primeiros ajustes citados por Deivid foram detectados por ele mesmo já nos treinamentos da pré-temporada. O comandante ainda busca corrigir o problema das bolas paradas do Cruzeiro. Até o momento, todos os três gols sofridos entre jogos-treino e oficiais foram gerados neste tipo de jogada. Além disso, a exposição do time em campo é outro fator que preocupa, já que a postura dos jogadores é ofensiva, mas pode deixar brechas para serem aproveitadas nos contra-golpes.

"Nossa equipe fez um bom jogo, trabalhou bastante a bola, fez o que o Deivid pediu. É começo de temporada. Agora é procurar trabalhar mais, o ano é longo. O time estava atacando bastante e tomando muito contra-ataque. Temos que tomar cuidado para não levar gols de bobeira assim", comentou o lateral Mayke.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos