Gabriel Jesus diz que não aceitaria jogar na China: "Almejo muitas coisas"

Do UOL, em São Paulo

  • Miguel Schincariol/AFP

    Gabriel Jesus foi revelação do Palmeiras em 2015

    Gabriel Jesus foi revelação do Palmeiras em 2015

Se o futebol chinês que tirou tantos jogadores importantes do Brasil se interessasse por Gabriel Jesus, ele não aceitaria jogar no país asiático. Quem afirmou foi o próprio jogador, que, ainda em início de carreira, disse "almejar muitas coisas" no futebol além de ganhar dinheiro.

"Eu não iria. Acho que os jogadores que foram tiveram esse pensamento de que era o melhor para eles. Para mim, eu não iria. Eu almejo muitas coisas. Lá, é mais parte financeira. O futebol lá vai crescer, tomara que cresça, mas não tem nem comparação com futebol brasileiro e futebol europeu", disse o atacante em entrevista à Fox Sports.

Campeão da Copa do Brasil em 2015 pelo Palmeiras, Gabriel foi uma das grandes revelações brasileiras no ano passado. E o atleta admitiu que já teve praticamente certeza do título alviverde quando o santista Nilson perdeu um gol sem goleiro nos últimos minutos da partida de ida da final, na Vila Belmiro.

"Eu pensei (já ganhamos). No momento ali é difícil. Mas era muito claro que ia ser (gol). Quando ele perdeu, todo mundo olhou para o banco. Falar, eu não falei. Mas pensei. É complicado. Surgiu ali uma oportunidade para a gente", lembrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos