Grandes gastaram R$ 110 mi em contratações até agora; veja os mais gastões

Do UOL, em São Paulo

Perto do início das competições estaduais, os times começam a ganhar a forma para iniciar a temporada de 2016. No mercado da bola até aqui, os 12 grandes gastaram R$ 109,6 milhões. 

E os mais gastões até agora foram Flamengo, Fluminense e Palmeiras. Juntos eles correspondem a mais de 64% do total de gastos entre eles. Vale destacar que o levantamento considera apenas gastos com contratações e pagamento de multas rescisórias e não leva em conta luvas, prêmios e outros tipos de acordos. Assim como desconsidera renovação de contratos de atletas que já estavam no clube, como o caso de Rafael Marques, do Palmeiras, e Geromel, no Grêmio. 

O Vasco, por enquanto, é o único que não gastou nada para reforçar a sua equipe, seguido de perto pelo Santos, que usou R$ 300 mil para trazer atletas para Dorival Júnior. 
 

COMO CADA UM AGIU NO MERCADO DA BOLA

FLAMENGO - R$ 28 milhões
Alex Muralha – R$ 4 milhões por 60% dos direitos econômicos pagos parceladamente
Rodinei – R$ 4 milhões por 50% dos direitos econômicos pagos parceladamente
Mancuello – R$ 12 milhões por 90% dos direitos econômicos (50% pagos em 2016 e os 40% restantes apenas em 2018)
Cuéllar – R$ 8 milhões por 70% dos direitos econômicos (R$ 2 milhões à vista e R$ 6 milhões em 2017)
Antonio Carlos, Arthur Henrique, Juan, Chiquinho, Willian Arão 


FLUMINENSE - R$ 21,1 milhões
Richarlison - R$ 10 milhões por 50% dos direitos econômicos do atleta
Henrique - R$ 8,6 milhões
Diego Souza - R$ 2,5 milhões
 

PALMEIRAS - R$ 20,7 milhões
Erik: R$ 13 milhões
Jean: R$ 4,5 milhões
Moisés: R$ 3,2 milhões
Régis, Rodrigo, Roger Carvalho, Dracena e Vagner: sem custos

CORINTHIANS - R$ 10,7 milhões
Guilherme - R$ 5,7 milhões (ainda não revelado)
Marlone - R$ 4 milhões (compra de 50%)
Alan Mineiro - R$ 1 milhão (compra de 70%)

ATLÉTICO-MG - R$ 10 milhões
Juan Cazares - R$ 6 milhões
Hyuri - R$ 4 milhões
Erazo - Sem custos

GRÊMIO - R$ 7 milhões
Maicon - R$ 7 milhões
Kadu, Fred e Wallace - sem custos

SÃO PAULO - R$ 6 milhões
Kieza - R$ 4 milhões
Calleri - R$ 2 milhões por empréstimo de meio ano
Diego Lugano e Eugenio Mena - sem custos

CRUZEIRO - R$ 3,8 milhões
Matías Pisano - R$ 3,8 milhões
Marciel, Bruno Nazário, Sánchez Miño, Douglas Coutinho e Rafael Silva - sem custos

INTERNACIONAL - R$ 2 milhões
Fernando Bob - R$ 2 milhões por 50% dos direitos econômico
Fabinho, Paulo Cezar Magalhães - sem custos

SANTOS - R$ 300 mil
Paulinho  - R$ 300 mil pelo empréstimo de um ano
Joel - sem custos

VASCO - Sem custos
Yago Pikachu, Marcelo Mattos - sem custos

BOTAFOGO - Sem custos
Bruno Silva, Nuñez, Diogo Barbosa, Émerson, Lizio, Carli - sem custos

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos