Topo

Futebol


Com policiamento reforçado, torcedores de Fla e Flu protestam contra Ferj

Vinicius Castro/UOL
Torcedores de Fla e Flu protestam em frente à sede da Ferj Imagem: Vinicius Castro/UOL

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

29/01/2016 12h19

Cerca de 50 torcedores fizeram um protesto contra a Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) no início da tarde desta sexta-feira (29). Rubro-negros em maioria e tricolores se reuniram na porta da sede da entidade e estenderam faixas contra o comando da federação.

A Polícia Militar reforçou o patrulhamento por conta da intensa mobilização nas redes sociais. Entretanto, não houve tumulto e tudo ocorreu de forma pacífica. Um ônibus e duas viaturas foram deslocados para o local.

Com a aprovação da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para a realização da Primeira Liga em caráter amistoso na atual temporada, o protesto aparentemente perdeu a força que prometia.

Independente disso, os torcedores estenderam três faixas. Uma com a inscrição "Fora Ferj! Chega de amadorismo!"; outra com a palavra "Indignação" nas cores rubro-negras. Um tricolor usou a faixa "Lutem até o fim!", utilizada na luta contra o rebaixamento em 2009, para se manifestar.

Os torcedores cantaram e permaneceram no local vigiados de perto pela PM. A sede da Ferj manteve os portões fechados. O presiente Rubens Lopes foi internado em uma clínica da Zona Sul do Rio de Janeiro após sofrer um mal súbito na última quinta-feira (28). Ele deve ter alta no decorrer do dia.

Mais Futebol