Neuer lembra como foi jogar durante os ataques em Paris

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / FABRICE COFFRINI

No dia 13 de novembro de 2015 o mundo viu uma série de ataques terroristas realizados pelas ruas de Paris. Nem mesmo quem acompanhava a uma partida amistosa entre Alemanha e França escapou de presenciar um desses trágicos momentos, inclusive o alemão Manuel Neuer.

Em entrevista ao diário suíço Blick, o goleiro do Bayern de Munique relembrou os momentos de incerteza e medo que jogadores e torcida passaram no Stade de France durante as explosões de homens-bomba. "Eu não tinha ideia do que estava acontecendo. Todas as pessoas que estavam em casa assistindo à TV estavam vendo as imagens e recebendo informações, mas nós não sabíamos de nada no campo", afirmou.

Neuer também contou que levou um tempo para poder processar as informações e se dar conta do tamanho da tragédia. "Quando eu ouvi um bomba explodir, sabia já na hora que não era coisa de torcedor na arquibancada. Mas também não tinha ideia do que poderia ser exatamente", concluiu o goleiro.

Depois da partida, Neuer não deixou o gramado imediatamente, optando por ir de encontro aos torcedores alemães. O goleiro notou que havia uma mensagem nos telões do Stade de France, mas como não entende francês, acabou ignorando o recado. Somente quando ele foi até os vestiários é que ele e os demais jogadores tiveram a real dimensão de tudo o que havia acontecido naquele 13 de novembro.

O goleiro alemão admitiu que evita ver imagens dos ataques terroristas desde o dia da partida, mas afirmou que não terá problemas em voltar para a França para a disputa da Euro 2016.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos