R. Moura e Inter negociam rescisão, mas dependem de Galo e Botafogo

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Alexandre Lops/AI Inter

    Centroavante foi artilheiro do Inter em 2014, mas perdeu espaço e está de saída

    Centroavante foi artilheiro do Inter em 2014, mas perdeu espaço e está de saída

Rafael Moura pode não estar mais de malas prontas para o Atlético-MG, mas também não ficará por muito tempo em Porto Alegre. Internacional e o jogador estão em negociação avançada para rescindir o contrato que se encerra em 12 de agosto deste ano. O acordo ainda depende da resposta oficial do Galo, que está atrás de Nilmar, mas esfriou as tratativas com o atacante.

Fora da lista de inscritos do Inter para o Campeonato Gaúcho deste ano, He-Man já terminou a recuperação de uma cirurgia no pé direito. Mas não treina com o restante do elenco do time gaúcho – aguardando definição do futuro. O entendimento é que não há mais como o jogador seguir no Colorado.

"Por prática, não me permito abrir negociação com outro clube. Enquanto essa situação com o Atlético não tiver uma definição, não poderemos abrir nenhuma outra frente", disse Francis Melo, empresário do jogador, à Rádio Gre-Nal.

Galo e Rafael Moura chegaram a acertar salários, mas os contatos com o time de Belo Horizonte pararam nas últimas semanas. Diego Aguirre, que trabalhou com o centroavante no ano passado, foi reticente em entrevistas coletivas ao comentar a negociação.

No começo do mês, o Inter se mostrou favorável a bancar parte dos salários de Moura em um possível empréstimo até julho. Como as tratativas estagnaram, o clube e o estafe do jogador começaram a tratar de outra via para a saída.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos