Fifa corta repasse de verba para Conmebol e Concacaf após escândalos

Do UOL, em São Paulo

A Fifa cancelou o repasse de dinheiro à Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) e Concacaf (Confederação que congrega países do Caribe e Américas Central e do Norte). A entidade alegou que o corte da verba ocorreu devido a denúncias de escândalo envolvendo a alta cúpula das duas confederações.

A Conmebol e a Concacaf deixaram de receber US$ 10 milhões (cerca de R$ 40 milhões) cada, destacou a rede de notícias "Bloomberg News".

"A Fifa colocou em espera as contribuições financeiras até que haja novas informações a respeito [dos escândalos]", disse um porta-voz da Fifa para a Bloomberg.

Em maio do ano passado, sete dirigentes foram presos na Suíça. Todos eles eram ligados a confederações das Américas. O motivo da detenção foi o mesmo para os envoldidos: superfaturamento em contratos comerciais de competições futebolísticas na América.

Ex-presidente da CBF, José Maria Marin ocupava cargo também na Conmebol. O ex-presidente da Conmebol, Eugenio Figueredo cumpre prisão no Uruguai.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos