Valdivia é 4ª opção do Atlético-MG para suprir saída de Giovanni Augusto

Danilo Lavieri e Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo e em Belo Horizonte

  • IVAN ALVARADO / REUTERS

    Valdivia disputa bola com adversário em jogo entre Chile e Colômbia

    Valdivia disputa bola com adversário em jogo entre Chile e Colômbia

O Atlético-MG se planeja para ir ao Oriente Médio e buscar pelo menos um substituto para Giovanni Augusto, negociado com o Corinthians. Os nomes na pauta da cúpula são quatro e eles têm uma ordem de preferência. Robinho, Nilmar e Marquinhos Gabriel encabeçam a lista. Mais recentemente, Valdivia passou a ser cogitado pela diretoria.

O pedido pelo jogador chileno partiu de Diego Aguirre. Ciente da dificuldade para trazer os nomes citados anteriormente, o uruguaio abordou os diretores alvinegros e contou com o consentimento do diretor de futebol Eduardo Maluf, fã de seu futebol. O meia-atacante que defende o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, no entanto, é apenas o "plano D".

Primeira opção, Robinho parece ser o caso mais complicado, mesmo estando sem clube desde que encerrou o seu contrato com o Guangzhou Evergrande, da China. O atacante quer receber cerca de R$ 600 mil mensais na volta ao Brasil. A quantia ultrapassa o teto salarial estipulado pelo presidente Daniel Nepomuceno.

Nepomuceno, inclusive, deve ser o responsável por viajar à Ásia, nos próximos dias, para conversar com os clubes que detêm os direitos dos outros três atletas que estão na mira do Atlético-MG – Nilmar, Marquinhos Gabriel e Valdivia. A intenção, a princípio, é buscar o atacante que trabalhou no Beira-Rio com o atual treinador.

Caso não obtenha êxito na contratação do jogador, de 32 anos, o jovem Marquinhos Gabriel se torna o primeiro da lista. Os problemas nos dois casos são os valores. Nilmar só deixaria o Al Nasr, dos Emirados Árabes Unidos, por cerca de R$ 13 milhões, investimento considerado caro para os padrões do futebol brasileiro, sobretudo por sua idade. Marquinhos Gabriel demanda um montante ainda maior. O atleta custaria R$ 16 milhões aos cofres do Atlético, cifras solicitadas pelo Al Nassr, da Arábia Saudita.

Valdivia, portanto, passa a ser o nome mais provável. Nos Emirados Árabes desde que deixou o Palmeiras, em agosto do ano passado, o meia-atacante já esteve na mira do Atlético em outras oportunidades, sobretudo por conta da admiração de Eduardo Maluf. Entretanto, a negociação nunca se concretizou. Será que, agora, o atleta finalmente se apresentará à Cidade do Galo?

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos