Na Itália, juiz faz pausa em jogo por gritos racistas da torcida da Lazio

Do UOL, em São Paulo

O jogo entre Lazio e Napoli desta terça-feira (03), disputado em Roma, válido pelo Campeonato Italiano, foi interrompido pelo árbitro por cerca de três minutos no segundo tempo, devido a insultos racistas da torcida da Lazio, a mandante, contra o zagueiro adversário Koulibaly.

A pausa se deu aos 22 minutos e aos 26 a bola voltou a rolar. A partida terminou em 2 a 0, gols do argentino Higuaín e do espanhol Callejón.

O Napoli lidera o nacional, agora com 53 pontos, mas é seguido de perto pela Juventus, que soma 51. Nesta mesma 23ª rodada, a Juve derrotou o Genoa por 1 a 0, tento marcado por De Maio, da equipe rival, contra. 

Casos de racismo vindos de torcedores da Lazio não são exatamente uma novidade. Jogadores como o brasileiro Juan, que defendeu a Roma, e Pogba, da Juventus, já foram alvos de insultos. Em 2013, o clube foi punido pela Uefa por episódio semelhante: teve de jogar uma partida com portões fechados e pagar multa de R$ 120 mil. 

Twitter/SSC Napoli
Partida paralisada por insultos racistas da torcida mandante

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos