Apelido de 'Blackenbauer' gera polêmica em chegada de Jemerson ao Monaco

Do UOL, em São Paulo

  • Twitter/AS Monaco

O apelido de "Blackenbauer" que a torcida do Atlético-MG deu ao zagueiro Jemerson causou polêmica na chegada do atleta ao Monaco, da França. Em seu Twitter, a equipe europeia apresentou seu novo jogador usando o nome, e foi acusada de racismo por alguns internautas.

Muitos comentários condenaram o Monaco por usar o apelido - uma referência ao ex-zagueiro alemão Franz Beckenbauer -, enquanto outros, incluindo vários torcedores atleticanos, defenderam que se tratava apenas de uma brincadeira. Houve até discussão sobre quem seria o autor real do apelido: o Monaco ou os torcedores do Atlético.

O próprio Jemerson declarou em sua apresentação que gostava do apelido. "Eles me chamam de 'Blackenbauer', porque sou rápido e técnico", disse o brasileiro, que também citou o zagueiro Juan, atualmente no Flamengo, como inspiração.

Após a repercussão negativa no Twitter, o Monaco tentou se explicar em um comentário: "'Blackenbauer' é o apelido dado pelos torcedores do Atlético Mineiro a Jemerson, em referência ao 'Kaiser'!", disse o perfil oficial do clube.

Até a assessoria de imprensa de Jemerson entrou na discussão pelo Twitter: "Pessoal, eu sou o assessor do Jemerson. 'Blackenbauer' é só um apelido e ele não se importa com isso. Ele não está ofendido".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos