Bauza festeja protagonismo de Ganso no SP, mas "pede mais" do camisa 10

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em Trujillo (Peru)

No início do trabalho do técnico Edgardo Bauza no São Paulo, Paulo Henrique Ganso começa a assumir um papel de protagonismo na equipe. A percepção foi feita pelo próprio treinador, depois do empate por 1 a 1 com o Cesar Vallejo, no Peru, na última quarta-feira (3), pela primeira fase da Copa Libertadores.

"O mais importante é que Ganso começa a sentir que pode ser protagonista e o time começa a se dar conta de como é importante quando a bola passa por ele", explicou Bauza. "O que precisamos fazer é exigi-lo para que faça mais isso, porque quando o talento dele aparece, pode resultar em gol", completou.

Ganso foi destaque do São Paulo nas duas partidas oficiais da temporada: contra Red Bull Brasil e Cesar Vallejo. Na primeira, válida pelo Campeonato Paulista, o meia foi responsável pelo gol do time do Morumbi no empate por 1 a 1. Já no duelo da Libertadores, o camisa 10 deu assistência para o gol de Calleri, além de criar as principais jogadas de perigo.

"O que espero do Ganso é o que todo mundo espera. Estamos trabalhando para que ele dê esses passes que deu hoje (contra o Cesar Vallejo)".

Ganso está no São Paulo desde o final do ano de 2012. Desde então, o meia colecionou altos e baixos com a camisa do time do Morumbi.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos