Guardiola nega foco no City: "Sou como mulher. Consigo fazer duas coisas"

Do UOL, em São Paulo

  • NIGEL TREBLIN / AFP

    Técnico comanda Bayern até final da temporada. Depois, assume o Manchester City

    Técnico comanda Bayern até final da temporada. Depois, assume o Manchester City

O técnico Pep Guardiola comanda o Bayern de Munique até o final da temporada 2015/2016, e não vê problema com o fato de já ter acertado sua chegada ao Manchester City no segundo semestre. Para ele, é possível comandar seu atual clube enquanto projeta a chegada ao futebol inglês na temporada 2016/2017.

"Sou como uma mulher. Posso fazer duas coisas ao mesmo tempo", disse o treinador, em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

O treinador ainda fez duras críticas à imprensa alemã, lamentando o que chamou de "falta de respeito". Segundo ele, determinados veículos – sem citá-los nominalmente – não se interessaram pelo futebol do Bayern desde que chegou ao clube.

"Estou aqui porque tenho que estar aqui. Não existe respeito entre os treinadores. Há meios que não me fizeram uma pergunta sobre futebol em três anos", criticou.

Durante sua coletiva, Guardiola deixou claro que partiu dele a iniciativa de deixar o clube de Munique, mas não deu pistas se já tinha propostas quando optou pelo fim de sua passagem.

"Sei que uma situação como esta não aconteceu antes, de um técnico deixar o Bayern. Normalmente, é o Bayern que despede um treinador. Mas temos ainda quatro meses pela frente, e devemos seguir trabalhando", declarou ele, evitando falar sobre seu futuro clube. "Falarei do City quando estiver na Inglaterra, não agora."

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos