Jogadores chineses valem fortuna e são mais caros que corintianos vendidos

Do UOL, em São Paulo

Que a China foi a grande protagonista do mercado de transferências nos últimos meses já não é mais novidade para ninguém. Mas não foram só os astros estrangeiros que fizeram os clubes do país torrarem dinheiro em contratações: os próprios atletas locais também têm custado uma fortuna.

Segundo dados do site Transfermarkt, especializado em transferências, jogadores chineses que trocaram de clube no país custaram mais do que titulares do Corinthians da mesma posição que foram para lá.

O zagueiro Gil, por exemplo, foi para o Shandong Luneng por 8,5 milhões de euros. Já o chinês Jinhao Bi, da mesma posição, trocou o Henan pelo Shanghai Shenhua por 11,14 milhões de euros. Bi, que jogava como atacante até 2014, tem 25 anos e só uma convocação para a seleção da China.

Bradley Kanaris/Getty Images

No meio-campo, a situação se repete: Jadson foi para o Tianjin Quanjian, dirigido por Vanderlei Luxemburgo, por 5 milhões de euros. Já o meia chinês Ke Sun trocou o Jiangsu Suning pelo mesmo Tianjin, só que por 9,2 milhões.

Renato Augusto, por sua vez, transferiu-se para o Beijing Guoan por 8 milhões de euros, enquanto o meia-atacante Ning Jiang foi do Guangzhou R&F para o Hebei China Fortune por 8,35 milhões de euros. Tanto Jiang como Sun são presenças constantes na seleção chinesa.

Outros atletas chineses também conseguiram transferências de destaque. Lu Zhang e Chao Gu foram os dois goleiros mais caros da janela: o primeiro foi do Liaoning para o Tianjin por 9,8 milhões de euros, enquanto o segundo trocou o Greentown pelo Jiangsu por 7,05 milhões. Bem mais caros que o terceiro da lista, o ucraniano Denis Boyko, que foi do Dnipro para o Besiktas por 3,3 milhões de euros.

Portanto, não é só com Alex Teixeira, Jackson Martínez e Ramires – as três transferências mais caras do início do ano – que a China ganha manchetes no mercado da bola. Como cada time só pode escalar três não-asiáticos ao mesmo tempo, os clubes também estão investindo pesado em talentos locais.

Ashley Feder/Getty Images

Confira os chineses mais caros da janela de transferências:

1. Jinhao Bi (zagueiro) – do Henan para o Shanghai Shenhua por 11,14 milhões de euros
2. Lu Zhang (goleiro) – do Liaoning para o Tianjin Quanjian por 9,8 milhões de euros
3. Ke Sun (meia) – do Jiangsu Suning para o Tianjin Quanjian por 9,2 milhões de euros
4. Ning Jiang (meia) – do Guangzhou R&F para o Hebei China Fortune por 8,35 milhões de euros
5. Haifeng Ding (lateral) – do Liaoning para o Hebei China Fortune por 7,1 milhões de euros
6. Chao Gu (goleiro) – do Hangzhou Greentown para o Jiangsu Suning por 7,05 milhões de euros

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos