Justiça ratifica que Mascherano não será preso após pagar dívida com fisco

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Manu Fernandez

    Javier Mascherano acertou com a Justiça pagamento milionário para escapar da prisão

    Javier Mascherano acertou com a Justiça pagamento milionário para escapar da prisão

A Justiça da Espanha ratificou nesta sexta-feira que o jogador argentino Javier Mascherano chegou a um acordo financeiro para não ser preso. Em 21 de janeiro, o volante do Barcelona se declarou culpado em processo de fraude fiscal.

Ficou estabelecido que ele teria de pagar multa de 816 mil euros para encerrar o processo judicial.

Mascherano já havia admitido sua culpa em outubro, quando pagou 1,6 milhão de euros para regularizar sua situação fiscal. 

O atleta é acusado de ter sonegado 1,5 milhão de euros em impostos, procedentes de direitos de imagem recebidos entre 2011 e 2013. O pagamento foi realizado através de duas empresa com sede fora da Espanha, na ilha da Madeira, em Portugal, e nos Estados Unidos.

Mascherano reconheceu os fatos em outubro, e devolveu 1,75 milhão de euros ao Tesouro espanhol, correspondente ao montante fraudado, com juros.

Depois da audiência, o argentino publicou no Twitter um comunicado no qual culpa ex-assessores pela situação, e se mostra "fortalecido e muito tranquilo pelo fato de estar novamente na regra".

"Sou um atleta profissional, não tenho grandes conhecimentos de questões de impostos nem legais. Por isso, devo me apoiar em pessoas que tratam destes temas técnicos e, para mim, complexos", justificou. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos