Topo

Futebol


Vasco poderá receber R$ 6,5 mi por A.Teixeira. E grana já tem destino certo

Divulgação / Site oficial do Vasco
Alex Teixeira ganhou uma camisa do Vasco de Álvaro Miranda, filho de Eurico, ano passado Imagem: Divulgação / Site oficial do Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

2016-02-05T07:37:00

05/02/2016 07h37

Quem está de sorriso aberto pela venda milionária de Alex Teixeira para a China é o Vasco. Clube formador do atacante, o Cruzmaltino tem direito a receber 3% do valor, o que corresponde a R$ 6,5 milhões. A grana, inclusive, já tem destino certo.

Em dificuldades financeiras, o Vasco aproveitará o dinheiro a receber para quitar dívidas acumuladas nos últimos anos e que fizeram até mesmo o clube ser acionado na Fifa, como no caso do Libertad, do Paraguai, que cobra ainda valores referentes à venda do volante Guiñazu. Algumas outras equipes, não reveladas, tomaram o mesmo caminho.

Alex Teixeira atuará no Jiangsu Suning, equipe que recentemente contratou o brasileiro Ramires, ex-Chelsea (ING). Anteriormente, ele recebeu três propostas do Liverpool (ING), todas recusadas pelo Shakhtar Donetsk (UCR), clube que detém seus direitos. Paris Saint-Germain (FRA) e o próprio Chelsea também fizeram consultas pelo atacante, sensação deste ano na Europa.

Teixeira chegou ao Vasco com apenas 9 anos, em 1999. Por lá ficou até 2009, sendo que estreou como profissional no ano anterior. No último domingo, o jovem aproveitou a paralisação do campeonato ucraniano por conta do inverno para visitar São Januário durante a partida entre o Cruzmaltino e o Madureira. Na ocasião, foi recebido pelo presidente Eurico Miranda na sala da presidência e assistiu ao jogo ao lado de Álvaro Miranda, diretor geral da base e filho do dirigente.

Nas redes sociais, costuma demonstrar sua paixão pelo Cruzmaltino e, quando pode, também acompanha os jogos do time.

Mais Futebol