Aguirre lamenta revés do Atlético-MG e deixa Floripa com algumas conclusões

Do UOL, em Belo Horizonte

O resultado em Florianópolis foi o pior possível para o Atlético-MG. A derrota por 2 a 1 para o Figueirense eliminou a equipe da Primeira Liga. Se o resultado não foi bom, pelo menos a partida disputa no Estádio Orlando Scarpelli serviu para o técnico Diego Aguirre conseguir fazer algumas avaliações no elenco alvinegro.

Entre os 11 titulares no confronto deste domingo, somente quatro são considerados titulares. O goleiro Victor e os meias Dátolo, Luan e Hyuri. Os demais estavam em campo para mostrar ao técnico que podem fazer parte do elenco alvinegro e até mesmo serem titulares caso necessário. Alguns foram bem, como os volantes Eduardo e Lucas Cândidos.

"No primeiro tempo não começos bem, mas depois jogamos melhor. Conseguimos o empate e até poderíamos conseguir outro gol. Depois que tomamos 2 a 1, não tivemos a intensidade de antes, perdemos muitas bolas e não criamos situações como estávamos fazendo. A apresentação de hoje me dá muitas informações e conclusões para os jogos decisivos que teremos pela frente", comentou o treinador.

Se alguns atletas tiveram bom desempenho, apesar do resultado negativo, outros não aproveitaram. Diego Aguirre preferiu não falar nomes, mas deixou claro que alguns jogadores não corresponderam.

"Em alguns lugares do campo estivemos fracos, esperava alguma coisa mais, também espera mais de alguns no rendimento individual. Mas são situações que temos de trabalhar. As derrotas são sempre ruins, mas temos de tirar informações da partida. Cada jogo é uma oportunidade para os jogadores mostrarem que podem vestir a camisa do Atlético, se estão preparados ou não. Por isso, o jogo hoje foi positivo, apesar da derrota".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos