Revanche do 6 a 1 mostra novo Corinthians titular e SP com novo estilo

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

No próximo domingo (14), Corinthians e São Paulo se enfrentam em Itaquera pelo Paulistão na partida que será o primeiro encontro entre os rivais – e no mesmo estádio – depois da goleada por 6 a 1 em novembro de 2015, o maior placar da história do clássico Majestoso. De lá até aqui, 78 dias depois do jogo que ficou para a história o Corinthians mostra que os jogadores reservas de 2015 viraram titulares em 2016, e o São Paulo, sob novo comando, mostra novo estilo de futebol.

Nove corintianos do 6 a 1 hoje são titulares

 

O Corinthians já era campeão brasileiro quando enfrentou o São Paulo na 36ª rodada do campeonato nacional, e por isso decidiu poupar boa parte dos titulares. Entrou em campo com Cássio; Fagner, Felipe, Edu Dracena e Uendel; Ralf, Bruno Henrique, Danilo, Rodriguinho e Lucca; Romero. Destes, Edu Dracena e Ralf saíram, e os outros nove atletas fazem parte do time que começou 2016 como titular.

O êxodo para a China levou, além de Ralf, o zagueiro Gil e os meias Jadson e Renato Augusto, que foram os grandes destaques da campanha do título e faziam funcionar o time que foi tão superior a todos os outros em 2015. Além deles, os atacantes Malcom e Vagner Love foram para o futebol francês – o primeiro para o Bordeaux, o segundo para o Monaco.

A saída de sete titulares fez com que o técnico Tite optasse por iniciar 2016 com sete jogadores que já faziam parte do elenco na nova equipe. Nas duas primeiras rodadas do Paulistão, atuou com Cássio; Fagner, Felipe, Yago e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Romero, Rodriguinho e Lucca; Danilo. Só Yago e Elias não começaram o 6 a 1.

São Paulo muda 4 peças, mas todo o estilo de futebol

 

Do 6 a 1 até aqui, o São Paulo passou por grande reformulação na filosofia de futebol praticado, mas não mudou tanto as peças que usa no campo. À época com Milton Cruz como treinador interino depois da saída de Doriva, hoje o time tem o argentino Edgardo Bauza como técnico. Com ele, um novo futebol praticado, muito mais atento à fase defensiva, sem a bola, e propondo jogo com mais cuidado.

O time que entrou em campo naquele 22 de novembro de 2015 tinha Denis; Bruno, Rodrigo Caio, Lucão e Carlinhos; Hudson, Wesley e Thiago Mendes; Michel Bastos, Alan Kardec e Rogério. Todos esses ainda fazem parte do elenco, mas hoje o time é diferente.

Edgardo Bauza usou o mesmo time durante toda a pré-temporada e nos três primeiros jogos do ano: Denis; Bruno, Rodrigo Caio, Breno e Mena; Hudson e Thiago Mendes; Michel Bastos, Ganso e Centurión; Alan Kardec. Quatro peças diferentes do time que sofreu o 6 a 1.

O principal trabalho do técnico argentino, admitido pelo próprio publicamente, é melhorar o setor defensivo do time. "O que vi em alguns dos jogos é um desequilíbrio que levou o time a perder partidas com resultados que não são habituais", disse, ao ser apresentado. Em quatro jogos na temporada, o São Paulo só sofreu dois gols, sendo um em cobrança de pênalti.

Ainda há um jogo até o clássico

Antes da revanche do 6 a 1, Corinthians e São Paulo ainda fazem um jogo cada no meio da semana. O mais importante é para o clube do Morumbi, que, com o estádio em reformas, receberá no Pacaembu, na próxima quarta-feira, o Cesar Vallejo em decisão pela Copa Libertadores. "Na quarta-feira temos o jogo mais importante do ano. A verdade é que nem penso no Corinthians", disse Edgardo Bauza, após o 4 a 0 sobre o Água Santa, no último sábado.

O São Paulo joga contra o clube peruano a primeira fase da Libertadores. Se vencer, vai à fase de grupos na qual encontrará River Plate (ARG), The Strongest (BOL) e Trujillanos (VEN). Se perder, sofrerá uma eliminação precoce, como o Corinthians, em 2011, para o Tolima, da Colômbia. O primeiro jogo do confronto acabou em empate por 1 a 1 no Peru e agora basta uma vitória simples ou até o 0 a 0 para classificar o São Paulo.

O Corinthians joga na quinta-feira contra o Capivariano, na Arena Corinthians, pelo Paulistão. Para a partida, é possível que Tite utilize por mais minutos alguns dos reforços contratados para 2016, além dos jogadores que participaram do 6 a 1 e que começaram a temporada como titulares.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos