Topo

Futebol


Coutinho faz golaço à la Ronaldinho, mas Liverpool é eliminado

Do UOL, em São Paulo

09/02/2016 18h59

Mesmo com golaço de falta à la Ronaldinho Gaúcho de Philippe Coutinho, o Liverpool foi eliminado na fase anterior às oitavas de final da Copa da Inglaterra, nesta terça-feira (09) - mas foi no sufoco, em jogo agitado. Em casa, o West Ham só venceu nos acréscimos do segundo tempo da prorrogação, por 2 a 1.  

O zagueiro Angelo Ogbonna, de cabeça, após cruzamento de Payet, fez o gol decisivo. O italiano subiu mais alto do que toda a defesa oponente no segundo poste e testou firme para a rede. 

O duelo no Upton Park foi um tira-teima (ou replay) decorrente do empate em 0 a 0 no jogo original, que foi realizado no dia 30 de janeiro.

Na próxima fase, o West Ham enfrentará o Blackburn, que venceu o Oxford United por 3 a 0.

O golaço de Coutinho empatou a partida em 1 a 1 no tempo regular, aos 4 minutos da metade final. Foi uma cobrança de falta rasteira, sob a barreira, que deixou o goleiro adversário, Darren Randolph, sem reação.

Aos 44 do primeiro tempo, o britânico Michail Antonio já havia aberto o marcador, com toque sutil para completar cruzamento vindo do lado esquerdo do ataque. 

A desclassificação aumenta pressão sobre o Liverpool do treinador alemão Jürgen Klopp, que não vive bom momento no Campeonato Inglês. Na 9ª colocação, a equipe venceu apenas uma das últimas cinco partidas disputadas na competição. 

Belga de R$ 162 mi vira piada do Íbis

Atacante do Liverpool, o belga Christian Benteke, contratado junto ao Aston Villa por R$ 162 milhões, recebeu “convite” para atuar no Brasil durante a partida. Mas foi do Íbis, autoproclamado o “pior time do mundo”.

A equipe pernambucana brincou com o jogador no Twitter por causa das chances perdidas por ele na partida, especialmente a desperdiçada em lance no primeiro tempo da prorrogação: Benteke invadiu a área livre, mas chutou a bola em cima do goleiro. Poderia ter definido o confronto.

Trave foi personagem da partida

O 1 a 1 no tempo normal não reflete o dinamismo da partida, recheada de chances de gol – tanto é que além dos goleiros, as traves desempenharam papel fundamental no confronto. Três bolas, duas do West Ham e uma do Liverpool, carimbaram o poste.

Uma delas foi de Coutinho, que recebeu passe de Benteke dentro da área, aos 41 minutos do primeiro tempo, em contra-ataque, mas não conseguiu balançar a rede.

Antes disso, aos 25, O’Brien, do time da casa, soltou o pé da entrada da área, rasteiro, em bola que desviou na zaga e enganou Mignolet, mas parou na trave esquerda da meta. Aos 43, ainda na etapa inicial, Payet bateu falta da entrada da área no mesmo poste.

Mais Futebol