Chelsea pode perder mais um jogador para o futebol da China, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • CHARLES PLATIAU / REUTERS

    Loic Remy já esteve cotado para deixar o Chelsea. Agora, pode ir para a China

    Loic Remy já esteve cotado para deixar o Chelsea. Agora, pode ir para a China

Depois de perder Ramires para o Jiangsu Suning e ver Oscar especulado no mesmo clube, o Chelsea tem mais um de seus jogadores na mira do futebol chinês. Segundo o jornal Daily Mirror, o atacante Loic Remy também desperta o interesse do país asiático.

O principal interessado em Remy é o Shanghai Shenhua. O clube, que já havia contratado o meia-atacante australiano Tim Cahill em 2015, conseguiu atrair também o meia colombiano Fredy Guarín no começo de 2016.

A imprensa inglesa diz que o clube "está pronto" para oferecer 11 milhões de libras (pouco menos de R$ 62 milhões) para contar com Remy. O francês receberia ainda um salário de 5,5 milhões de libras (cerca de R$ 31 milhões) por ano na China.

A janela de transferências na China se encerra apenas no dia 27 de fevereiro. Até lá, o Shanghai Shenhua tenta contratar também o atacante argentino Ezequiel Lavezzi, do Paris Saint-Germain.

Curiosamente, Remy era cotado para deixar o Chelsea no começo do ano. O saída do francês seria uma manobra para abrir espaço para a contratação de Alexandre Pato por empréstimo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos