Na lista de saídas do Corinthians, Cristian recusa transferência à China

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Definir um novo destino para o volante Cristian é uma das prioridades do Corinthians na reta final do mercado de transferências. Mas ele impõe algumas condições para o próximo clube que vai defender. 

Em conversas recentes, Cristian foi consultado sobre a possibilidade de atuar no futebol chinês, mas alegou que a prioridade dele era pela permanência no Brasil. Aos 32 anos, o volante também descartou jogar novamente na Turquia, uma alternativa comentada enquanto a janela de transferências para a Europa estava aberta. 

Com contrato até dezembro de 2017, o volante tem atualmente um dos três maiores salários do elenco do Corinthians. O custo mensal de Cristian é de aproximadamente R$ 500 mil, o que faz a direção corintiana admitir uma negociação nos moldes da cessão de Alexandre Pato para o São Paulo ou de Douglas para o Vasco: o clube que recebe o jogador arca com uma parte do pagamento e o próprio Corinthians assume uma parte.

Nesta quarta-feira, o treinador Tite reafirmou que Cristian está fora dos planos neste momento. Ele não foi inscrito no Campeonato Paulista e, a exemplo do colombiano Mendoza e do jovem paraguaio Gustavo Viera, será emprestado. Atualmente, o volante se recupera de lesão na panturrilha, sofrida justamente em sua primeira oportunidade como titular em 2016, nos Estados Unidos. 

"O lado humano e respeito são muito grandes. O senso competitivo (dele) é muito grande. O que não aconteceu ano passado é retomar ritmo, uma sequência de jogos e infelizmente no Corinthians eu não consigo fazer isso. Estarei mentindo se fizer isso. Ano passado ele se machucou quando teve oportunidade de ter sequência. Eu vejo isso e coloquei para ele, talvez duro do atleta sentir, mas com muito respeito da minha parte, por todo o passado e história dentro do clube. Para retomar, para ter sequência de jogos e de uma equipe que permita. Um empréstimo, seja de curto prazo, para retornar 'jogado'. Vejo isso em termos profissionais para sua retomada pelas características", disse Tite. 

Curiosamente, o futebol chinês levou quatro titulares do Corinthians recentemente: Gil, Ralf, Renato Augusto e Jadson. Ainda houve possibilidade para Alexandre Pato, que recusou jogar na China. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos