Atlético-MG vence disputa com o Santos e acerta com Robinho

Thiago Fernandes e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

O Atlético-MG acertou, na tarde desta quinta-feira (11), a contratação de mais um reforço para a atual temporada. O clube venceu a queda de braço com o Santos e entrou em acordo com Robinho. O atacante, que estava no Guangzhou Evergrande, da China, até dezembro passado, assinará contrato por duas temporadas, com opção de renovação de mais uma.

Desde 2010 que o Atlético-MG sonha com a contratação de Robinho. Foram seis anos de espera, desde a época do ex-presidente Alexandre Kalil, até que o atual mandatário, Daniel Nepomuceno, pudesse anunciar a contratação do atacante pelo Twitter. Após três tentativas frustradas – 2010, 2013 e 2015 – finalmente o jogador revelado pelo Santos vai vestir a camisa de outro clube brasileiro.

E não foi fácil o acerto entre Atlético e Robinho. O clube mineiro fez uma verdadeira engenharia financeira para conseguir viabilizar a contratação do atacante. O primeiro passo foi apresentar ao jogador, através da advogada Marisa Alija, um contrato semelhante ao que teve Ronaldinho Gaúcho nos dois anos em que ficou na Cidade do Galo.

O ex-camisa 10 do Atlético tinha salário fixo de R$ 400 mil mensais, mas no final da sua passagem pelo clube o salário médio foi de R$ 900 mil. Tudo por causa do bom desempenho em campo. Ronaldinho foi premiado pelas boas campanhas da equipe, venda de produtos, números de gols marcados e também pelas assistências aos companheiros.

E assim vai ser com Robinho. O atacante vai ter um salário fixo de R$ 350 mil mensais mais bônus por metas. O valor vai aumentar de acordo com o bom rendimento do atleta em campo. Outro ponto determinante na escolha do atacante foi a forte participação da Dryworld Industries. A empresa canadense entrou no mercado brasileiro em 2016 e viu em Robinho um ótimo garoto-propaganda.

De acordo com o Blog do PVC, o aporte financeiro da DryWorld foi primordial para que a negociação pudesse ser concluída. Com a ajuda da fabricante de materiais esportivos, o atacante receberá mais do que os R$ 600 mil que haviam sido oferecidos pelo Santos, mas o salário não deverá ultrapassar R$ 1 milhão. 

Com o contrato assinado, o Atlético corre agora para regularizar Robinho o mais rápido possível. O clube tem até a próxima segunda-feira para enviar a lista dos 30 jogadores inscritos na fase de grupo da Copa Libertadores. Caso seja necessário, a diretoria alvinegra pode pagar uma multa de aproximadamente R$ 40 mil e enviar a lista somente no dia 16, um antes da estreia no torneio, contra o Melgar, em Arequipa.

Por enquanto, nenhum outro detalhe sobre a chegada de Robinho foi divulgado pelo Atlético. Desde o primeiro treino na Cidade do Galo ou data de apresentação. De acordo com a assessoria de imprensa do clube, em breve todos os detalhes vão ser informados.

Aos 32 anos, Robinho defenderá o sexto clube da carreira. Entre as principais conquistas do jogador estão duas edições do Campeonato Brasileiro (2002 e 2004) e a Copa do Brasil 2010 pelo Santos, a Serie A Italiana, em duas oportunidades, pelo Milan e dois títulos da Liga Espanhola pelo Real Madrid. Ele ainda venceu uma Copa América e as Copas das Confederações 2005 e 2009 pela seleção brasileira.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos