Kelvin cita falta de oportunidades no Palmeiras e quer agarrar chance no SP

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Site oficial do São Paulo

    Reforço do São Paulo, Kelvin jogou em 2015 pelo Palmeiras

    Reforço do São Paulo, Kelvin jogou em 2015 pelo Palmeiras

Apresentado nesta quinta-feira como reforço do São Paulo, o atacante Kelvin afirmou que poderia ter tido mais oportunidades de jogar no ano passado, quando defendeu a camisa do Palmeiras. O jogador de 22 anos também prometeu "agarrar com unhas e dentes" a chance no time tricolor.

"Foi um ano bom. Aprendi muito e me recuperei de uma lesão grave no início, mas não tive tantas oportunidades como esperava. Quando entrei, me senti bem, acho que ajudei, e até fui campeão (da Copa do Brasil). Agora isso é passado. Embora eu seja agradecido, minha cabeça é no São Paulo", disse.

Kelvin fez 16 jogos pelo Palmeiras no Campeonato Brasileiro do ano passado, sendo só seis como titular, e não marcou gol. Já na Copa do Brasil, foram cinco jogos (três como titular) e um gol.

O reforço são-paulino também mostrou vontade de estrear já no domingo, no clássico contra o Corinthians em Itaquera. No ano passado, pelo Palmeiras, o atacante também estreou contra o Corinthians e ajudou o time alviverde a eliminar o rival na semifinal do Campeonato Paulista.

"Não sei se já jogo no domingo, mas me sinto bem, confiante. Já são quase duas semanas de treino, estou enturmado. Se tiver uma oportunidade, vou agarrar com unhas e dentes", declarou.

Canhoto, Kelvin também falou sobre seu posicionamento e disse que pode ocupar qualquer função atrás do centroavante. "Sempre joguei mais pela direita, para cortar para o meio e bater, mas se precisar ir na esquerda, já joguei. Até posso jogar mais recuado, não estou acostumado, mas posso fazer a função do Ganso. O treinador é quem decide".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos