Robinho explica escolha pelo Atlético-MG: "Futebol hoje é negócio"

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

Um dia depois de ser anunciado pelo Atlético-MG o atacante Robinho chegou à Cidade do Galo. Acompanhado do filho Robson de Souza Júnior, o jogador conheceu os novos companheiros e aproveitou para conversar com antigos conhecidos, como o médico Rodrigo Lasmar, com quem trabalhou em duas Copas do Mundo. Depois de uma rápida atividade física na academia do clube, Robinho foi para o campo.

Pretendido também pelo Santos, clube que o revelou para o futebol em 2002, o Rei das Pedaladas explicou por que optou por fechar com os mineiros.

"Muito complicado quando se fala de sentimento, por mais sentimento que se tenha. Futebol hoje é um negócio, muitos empresários que estão ricos sem deixar nenhuma gota de suor", disse Robinho.

O novo camisa 7 atleticano garante ainda que a sua relação com o Santos não será alterada: "Quem me conhece sabe da minha índole, do meu caráter. Nada vai apagar o que fiz pelo Santos. Dei a vida pelo clube. E hoje vou dar minha vida pelo Galo".

Mesmo sem jogar desde o dia 13 de dezembro, quando disputou uma partida do Mundial de Clubes pelo Guangzhou Evergrande, da China, Robinho treinou como titular do Atlético. É verdade que o técnico Diego Aguirre montou uma equipe com 12 jogadores, mas Robinho estava lá, já ao lado de Lucas Pratto e Luan. Jogar já na semana que vem, na estreia do Atlético na Libertadores, é possível.

Robinho recusa Santos e fecha com Atlético-MG

  •  

"Meu objetivo é jogar bem, sei do esforço que o Atlético fez para me contratar. Agora é me preparar bem, pois estou num grande clube e que fez um grande campeonato ano passado. Espero me entrosar rapidamente, pois o objetivo é ajudar o Atlético nas competições que tem pela frente".

Como não podia ser diferente, entre os principais assuntos na primeira entrevista de Robinho como jogador do Atlético foi a escolha em defender o clube mineiro. Revelado pelo Santos e confesso torcedor do clube paulista, o atacante falou sobre os motivos que fizeram escolher pela inédita experiência em um clube no Brasil sem ser o Santos.

"Desde o começo o Atlético foi correto comigo, já vem conversando há muito tempo e tenho certeza que fiz a melhor escolha. Tenho muito respeito pelo Santos Futebol Clube e fiz uma história lá. Mas agora estou no Atlético e espero fazer história aqui também".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos